Linguagens

Níveis

Ajuda ao Vivo Através do Chat

 

Sobre este Site

Bem-vindo ao site eLearning da New Muslims. Este site é para muçulmanos recém-convertidos que desejam aprender sua nova religião de uma maneira fácil e sistemática. As aulas estão organizadas em níveis. Então, primeiro vá para a lição 1 do nível 1. Estude-a e depois faça o seu teste. Quando for aprovado, vá para a lição 2 e assim por diante. Felicidades.

Comece Aqui

É altamente recomendável registrar-se para que suas notas e progresso sejam salvos.  Então, primeiro registre-se aqui, depois comece com a lição 1 no nível 1 e daí em diante passe para a próxima lição. Estude ao seu gosto. Cada vez que retornar a este site, clique no botão “Leve-me onde estava” (disponível apenas para usuários registrados).

Sinceridade na adoração: Ikhlas vs. Riya (parte 2 de 2)

Descrição: Uma discussão sobre como a riya pode penetrar em nossa adoração e roubá-la de toda sinceridade.

Por Aisha Stacey (© 2014 NewMuslims.com)

Publicado em 06 Jan 2020 - Última modificação em 23 Feb 2015

Impresso: 3 - Enviado por E-mail: 0 - Vizualizado: 343 (média diária: 1)

Categoria: Lições > Atos de Adoração > Diversas Ações Recomendadas


Objetivos

·       Entender o conceito de riya e saber como impedi-la de arruinar nossa adoração e nosso relacionamento com Allah.

Termos em árabe:

·       Ayat – (singular – ayahEsta palavra pode ter muitos significados. É quase sempre usada quando se fala das provas de Allah. Isso inclui evidências, versículos, sinais e revelações.

·        Dunya – Este mundo, em oposição ao mundo da outra vida.

·        Hadith – (plural: ahadith)) É um relato ou uma história. No Islam, refere-se a um registro narrativo dos ditos e ações do Profeta Muhammad e seus companheiros.

·        Hadith Qudsi – É a narração (hadith) de uma mensagem de Allah, transmitida nas palavras do Profeta Muhammad; geralmente trata de questões espirituais ou éticas.

·       Ihsan – Perfeição ou excelência. Islamicamente, é adorar a Allah como se você o estivesse vendo. Estar ciente de que Allah vê tudo, embora não possamos vê-Lo.

·       Ikhlas – Sinceridade, pureza ou isolamento. Islamicamente, significa purificar nossas motivações e intenções de buscar o prazer de Allah. Além disso, é o nome do capítulo 112 do Alcorão.

·       Riya – Vem da palavra ra'aa, que significa ver, contemplar, observar. Assim, a palavra riya significa exibição, hipocrisia e dissimulação. Islamicamente riya significa realizar atos que agradam a Allah com a intenção de agradar outros  além de Allah.

·       SahabahA forma plural de “Sahabi”, que se traduz em companheiros. Um sahabi, como a palavra é comumente usada hoje, é alguém que viu o Profeta Muhammad, acreditou nele e morreu como muçulmano.

·       Shariah – Lei islâmica.

·        ShaytanÉ a palavra usada no Islam e no idioma árabe para se referir ao diabo ou Satanás, a personificação do mal.

·       Shirk – Uma palavra que implica atribuir parceiros a Allah, ou atribuir atributos divinos a outros que não sejam Allah, ou acreditar que a fonte de poder, dano e bênçãos vem de outro além de Allah.

·        Surah – Capítulo do Alcorão.

·        Ummah - Refere-se a toda a comunidade muçulmana, independentemente da cor, raça, idioma ou nacionalidade.

Ikhlas significa que nosso coração é puro e que apenas adoramos a Allah para agradá-Lo. Na lição 1, estabelecemos que, para que as ações do crente sejam aceitas por Allah, elas devem ser realizadas com ikhlas; além disso, elas devem ser precedidas pela intenção correta e serem executadas de acordo com a Shariah. Continuaremos falando sobre o que contradiz ou corrompe nosso ikhlas, por exemplo, a riya. Riya de fato é uma forma menor de Shirk, pois nos concentramos em obter a admiração e a apreciação das pessoas em vez de procurar agradar a Deus.

Um grande estudioso do Islam disse uma vez: “De fato, a coisa mais difícil de alcançar neste mundo é ikhlas. Quantas vezes eu lutei para extinguir a riya (exibição) do meu coração,  e ela reapareceu com uma cor diferente?” [1] É claro que a partir desta afirmação mesmo as pessoas mais instruídas lutam para permanecer sinceras e evitar a riya. E é, sem dúvida, algo que devemos evitar; o Profeta Muhammad disse que era o que ele mais temia por sua Ummah. "Certamente o que mais temo por vocês é o shirk menor", disse ele. O Sahabah perguntou-lhe: "E qual é o shirk menor, ó Mensageiro de Allah?" Ele respondeu: “É a riya. Allah dirá ao povo da riya no Dia do Julgamento - quando todos serão recompensados por suas ações -: '‘Vá para aqueles a quem você mostrou suas ações na dunya e veja se consegue encontrar recompensa neles![2]

Há também um hadith qudsi no qual Allah diz: “Sou independente de todos os parceiros (atribuídos a mim). Quem quer que realize uma ação enquanto associa parceiros a Mim, deixarei ele e seu esquivo.[3]  Riya pode ser definida como a realização de uma ação com a intenção de agradar alguém ou algo diferente de Allah. É uma forma de shirk e algo a ser temido, porque é fácil cair na riya sem perceber.

Nossas boas ações e obras podem ser anuladas através da riya. Tomemos o exemplo de um homem que tem $100 que deseja doar em caridade. Ele começa sua ação com um coração puro e sincero e doa $50, mas depois ele tem a ideia de mostrar o quão rico ele é, então ele faz todos verem que ele doa os outros $50. É possível que Allah rejeite a segunda ação como um ato de caridade, porque foi misturada com o desejo de aparecer diante dos outros. No entanto, se a ideia de aparecer tivesse aparecido depois de ter dado todo o dinheiro, isso não afetaria ou invalidaria sua recompensa.

Dito isto, é importante ter em mente que não será exibição se uma pessoa se sentir feliz depois de fazer um ato de adoração. Este é um sinal de fé. O Profeta Muhammad, que a misericórdia e as bênçãos de Allah estejam sobre ele, disse: “Quem se sente feliz por causa de suas boas ações e triste por causa de suas más ações, é um crente.” [4] Além disso, se as pessoas o elogiam por uma boa ação não é nada para se envergonhar ou temer, é uma parte das boas novas da outra vida. O Profeta Muhammad foi perguntado: “O que você acha se um homem faz uma boa ação e as pessoas o elogia por isso?” Ele disse: “Essa é a parte das boas novas para o crente que ele recebe neste mundo.”[5]

Há várias coisas nas quais você deveria prestar mais atenção, a fim de afastar qualquer riya que possa estar se infiltrando em sua adoração.

·       Tente ter em mente o conceito de ihsan. Allah está sempre assistindo.

·       Esconda seu ato de adoração ou faça um esforço consciente para não se exibir.

·       Reflita sobre suas deficiências e realizações. Lembre-se de que somente Allah é a fonte de nossas realizações.

·      Procure a ajuda de Allah para superar qualquer riya em sua adoração.

·       Reflita sobre a ayah que dizemos muitas vezes ao dia em nossas orações. “só a ti adoramos e só a ti imploramos ajuda” (Alcorão 1:5)

Outro ponto importante a ser lembrado é que não devemos parar de fazer boas ações por medo de riya. Este é um dos truques de Shaytan. Ele tenta enfraquecer a determinação das pessoas para que elas evitem fazer coisas que Allah ama e está satisfeito. Se formos cuidadosamente criar uma intenção de agradar a Allah, isso deve garantir que a riya não entre em nossa adoração.

Concluindo, devemos lembrar que a sinceridade na adoração é importante. Os crentes devem ter como objetivo ter um coração puro e a intenção de agradar a Deus em tudo o que fazem.



Notas de rodapé:

[1] Jaami ul-Ulum wal-Hikam de Ibn Rajab al-Hanbali

[2] Imam Ahmad

[3] Sahih Muslim

[4] Imam Ahmad, Ibn Majah.

[5] Sahih Muslim

Teste e Navegação Rápida
Ferramentas da Lição
RuimÓtimo  Avalie
| More
Deixe-nos sua Opinião ou Pergunta

Além disso, você poderá perguntar através do chat ao vivo disponível aqui.