Carregando...

Satanás: o pior inimigo da humanidade (parte 1 de 2)

Avaliação:

Descrição: Quem é Satanás? Ele é o anjo caído, o diabo mencionado na literatura cristã? Nesta lição, aprendemos sobre sua criação e queda da graça, e sua suprema inimizade pela humanidade.

Por Aisha Stacey (© 2012 IslamReligion.com)

Publicado em 06 Dec 2019 - Última modificação em 20 Oct 2016

Impresso: 66 - Enviado por E-mail: 0 - Vizualizado: 3,492 (média diária:: 2)


Objetivos da lição:

·Reconhecer Satanás e entender sua missão.

Termos em árabe

·Shaytan - Às vezes escreve-se Shaitan ou Shaytaan. É a palavra usada no Islam e na língua árabe, para denotar o demônio ou Satanás, a personificação do mal.

·Jinn - Uma criação de Allah que foi criada antes da humanidade a partir de chamas sem fumaça. São referidos às vezes como seres espirituais, banshis, poltergeists, fantasmas e assim por diante.

·Shirk - Uma palavra que implica associar parceiros a Allah, ou atribuir atributos divinos a outros que não seja Allah, ou acreditar que a fonte de poder, dano e bênçãos vêm de qualquer outro além de Allah.

·Khushu - O ato de estar completamente solene, submisso e humilde em relação a Allah durante a oração.

Shaytan01.jpgAo contrário das descrições do demônio na doutrina cristã, o Shaytan não é um anjo caído, ao invés disso, ele é um Jinn que pode pensar, raciocinar e tem livre arbítrio. Ele era o mais virtuoso dentre os Jinn, então Allah o elevou à uma posição mais alta dentre os Anjos. Por causa do seu orgulho e arrogância, sobre os quais você pode ler na História de Adão no website, ele desesperou-se da misericórdia de Allah e jurou não habitar as profundezas do inferno sozinho. Seu desejo é levar o maior número possível de seres humanos consigo para o Inferno. Não cometa erro quanto a isso; Satanás é o inimigo mortal da humanidade. Ele é ardiloso, astuto e extremamente arrogante. O Alcorão nos alerta quanto à sua inimizade incessantemente.

“Ó filhos de Adão! Que Satã não vos tente...” (Alcorão 7:27)

“Por certo, Satã vos é inimigo; então, tomai-o por inimigo...” (Alcorão 35:6)

“...E quem toma Satã por aliado, em vez de Allah, com efeito, se perderá com evidente perdição.” (Alcorão 4:119)

É importante entender que mesmo o próprio Satanás reconhece a Unicidade de Allah e Seu direito de ser adorado. Allah nos inteirou que a promessa de Satanás não é nada, além de decepções e mentiras, e ele concorda, pois nada pode oferecer.

E, quando for encerrada a ordem, Satã dirá: "Por certo, Allah prometeu-vos a verdadeira promessa, e eu vos prometi, mas vos falhei. E eu não tinha poder algum sobre vós, senão que vos convoquei, e me atendestes. Então, não me censureis, e censurai-vos a vós mesmos. Não sou vosso salvador nem vós sois meus salvadores. Por certo, renego que me houvésseis associado a Allah, antes." Por certo, os injustos terão doloroso castigo....” (Alcorão 14:22)

Todo ato de desobediência que é odiado por Allah é amado por Shaytan, ele ama imoralidade e pecado. Ele sopra nos ouvidos dos crentes, interrompe as orações e a lembrança de Allah. Um dos grandes sábios do Islam, Ibn ul Qayyim, que Allah o tenha em Sua misericórdia, disse: "Uma de suas conspirações (do Satanás) é que ele sempre enfeitiça a mente das pessoas até que sejam enganadas, ele atrai à mente aquilo que a prejudicará."

Satanáspossui vasta experiência no campo da enganação; ele tem truques e tentações e sussurra implacavelmente. Satanás é capaz de beliscar e cutucar, implantando pensamentos e desejos. No entanto, Allah não deixou a humanidade indefesa. Ele nos forneceu armas e uma das maiores é a informação. Satanás é nosso inimigo mortal e, para combater seus truques e ilusões, precisamos conhecê-lo bem. Seu objetivo, a longo prazo, é privar o maior número possível de pessoas do Paraíso e levá-las ao inferno. Para atingir esse objetivo, estabeleceu muitas metas de curto prazo. Estar ciente desses objetivos significa que podemos armar-nos com armas de defesa.

Objetivos a curto prazo

1.Fazer com que a pessoa cometa o grande pecado do shirk. Todo aquele que adora a qualquer outra coisa além de Allah, seja uma imagem, a lua, uma pessoa ou um príncipe, está essencialmente, adorando Satanás.[1]

2.Encorajá-las a cometer pecados e atos de desobediência. Quando Satanás perde a esperança de ser adorado, ele contenta-se em ser obedecido em assuntos que parecem insignificantes.[2] Ele ama imoralidade e pecados, porque essas coisas têm impacto direto no compromisso religioso da pessoa.

3.Evitar que façam boas ações. Satanás não só faz com que as pessoas cometam pecados e atos de desobediência, ele fica feliz também em impedi-las de fazer boas ações. Ele é paciente; ele fica à espera, enchendo nossas mentes com dúvidas e superstições. Quando a pessoa está planejando fazer uma boa ação ou obra, ele sussurra para que ela não a faça, e planta pequenas dúvidas irritantes em sua mente.

4.Prejudicar os atos de adoração. Se Satanás não conseguir impedir que as pessoas obedeçam a Allah e realizem ações virtuosas, ele se esforça para corromper seus atos de adoração. Quando ela está orando, ele sussurra e a distrai. Seu desejo é impedir que a pessoa receba sua recompensa por rezar com khushu e, eventualmente, afastá-la completamente de Allah.

5.Causar danos físicos e mentais. Além de fazer com que os crentes cometam atos de shirk, Satanás também visa causar danos físicos e mentais. Por exemplo, ele envia pesadelos para causar angústia e medo à pessoa. Ele as perturba desde o momento em que nascem até o momento da morte. Nos momentos finais, ele continua seus sussurros e assédio para impedir que ela invoque Allah e confirme sua crença n'Ele sozinho.



Notas de Rodapé:

[1] Sh. Omar al Ashqar em The world of the Jinn and Devils.

[2] At-Tirmidhi, Sahih Muslim

Ferramentas da Lição
Ruim Ótimo
Fracassado! Tente mais tarde. Obrigado pela sua avaliação.
Deixe-nos sua Opinião ou Pergunta

Comente esta lição:: Satanás: o pior inimigo da humanidade (parte 1 de 2)

Os campos marcados com um asterisco (*) são obrigatórios.

Além disso, você poderá perguntar através do chat ao vivo disponível aqui.