Carregando...

O conceito de pecado no Islam (parte 3 de 3)

Avaliação:

Descrição: Estas lições apresentarão ao leitor o conceito de pecado, suas categorias, gravidade, a forma de como se obtêm o perdão e como os pecados afetarão a pessoa na próxima vida.

Por Imam Mufti (© 2013 NewMuslims.com)

Publicado em 30 Dec 2019 - Última modificação em 25 Jun 2019

Impresso: 69 - Enviado por E-mail: 0 - Vizualizado: 3,396 (média diária:: 2)


Objetivos:

·Aprender os meios pelos quais os pecados são perdoados.

·Aprender sobre o pecado imperdoável.

Termos em árabe:

·Hajj – É a peregrinação a Meca onde o peregrino realiza um conjunto de rituais. O Hajj é um dos cinco pilares do Islam, e todo muçulmano adulto deve realizá-lo pelo menos uma vez na vida caso possuir os meios econômicos e for fisicamente capaz [para realizar tal viagem].

·Kafir – (plural: kuffar) Incrédulo.

·Lailat ul-Qadr – Uma noite abençoada que cai nas dez últimas noites ímpares do mês deRamadan, o mês do jejum.

·Ramadan - Nono mês do calendário lunar Islâmico. É o mês em que foi prescrito o jejum obrigatório.

·Shirk – Palavra que envolve atribuir parceiros a Allah, ou atribuir atributos divinos a outro além de Allah, ou acreditar que a fonte de poder, dano e bênçãos vem de outro além de Allah.

·Ummah - Se refere a toda comunidade muçulmana, independente de sua cor, raça, idioma ou nacionalidade.

O castigo pelo pecado é apagado de uma pessoa da seguinte forma:

1. Arrependimento

ConceptofSin3.jpgO Arrependimento possui condições que já foram discutidas anteriormente. Não haverá arrependimento se essas condições não forem cumpridas. Cumprir as condições do arrependimento garante o perdão, inclusive dos pecados maiores. Diz Allah:

“Dize: ‘Ó servos meus, que se excederam contra si próprios, não desespereis da misericórdia de Deus; certamente, Ele perdoa todos os pecados, porque Ele é o Indulgente, o Misericordiosíssimo.’” (Alcorão 39:53)

“E é Ele Que aceita o arrependimento dos Seus servos, absolve-lhes as faltas, bem como está sempre ciente de tudo quanto fazem.” (Alcorão 42:25)

2. Suplicar por perdão

Pedir perdão não está ligado a condições estritas como o arrependimento. É simplesmente uma súplica que Allah pode ou não aceitar. O Profeta disse: “Se uma pessoa comete um pecado e logo diz, ‘Ó Senhor, cometi um pecado, então perdoa-me’. Ele diz, ‘Meu servo sabe que ele tem um Senhor que pode perdoar os pecados ou castigá-lo por isso; Eu perdoei Meu servo...’”[1]

3. Praticar boas ações que apagam o pecado

Allah disse:

“... porque as boas ações anulam as más.” (Alcorão 11:114)

·As orações diárias e a oração de sexta-feira

“Cada uma das cinco orações diárias e a de sexta-feira até a outra (sexta-feira) é uma expiação pelo tempo entre elas, desde que não se cometa nenhum pecado maior.”[2]

·Ablução

Quando um crente, lava seu rosto (ao fazer a ablução), todo pecado cometido pelos seus olhos será lavado do seu rosto com água, ou com a última gota de água; quando lava suas mãos, todo pecado cometido por suas mãos será apagado com a água, ou com a última gota de água; quando lava seus pés, todo pecado cometido pelos seus pés será lavado com a água, ou com a última gota de água; até que finalmente fique limpo de todos os pecados que cometeu.[3]

·Jejuar no Ramadan

“Quem jejuar o Ramadan com fé e esperança na recompensa, seus pecados anteriores serão perdoados.”[4]

“Quem passar a noite do Lailat ul-Qadr rezando com fé e esperança na recompensa, seus pecados anteriores serão perdoados.”[5]

·Hajj

“Quem peregrinar a esta Casa, não se envolver em relações sexuais com sua esposa durante a mesma e não ter um comportamento inapropriado, regressará livre do pecado como no dia em que saiu do ventre de sua mãe.”[6]

As ações virtuosas como a oração, o jejum, o Hajj, etc., só expiam as transgressões contra os direitos de Allah. Com respeito aos pecados que têm a ver com os direitos de outras pessoas, devemos nos arrepender deles.

4. A oração dos outros crentes, tal como a oração fúnebre

Disse o Mensageiro de Allah: “Quando um muçulmano morre e quarenta homens rezam a oração fúnebre para ele sem associar nada a Allah, Allah aceitará a intercessão deles pelo falecido.”[7]

Os anjos também suplicam pelo crente:

“Os (anjos) que carregam o Trono de Deus, e aqueles que o circundam, celebram os louvores do seu Senhor; creem n’Ele e imploram-Lhe o perdão para os fiéis, (dizendo): Ó Senhor nosso, Tu, Que envolves tudo com a tua misericórdia e a Tua ciência, perdoa os arrependidos que seguem Tua senda, e preserva-os do suplício da fogueira!.” (Alcorão 40:7)

5. A intercessão do Profeta Muhammad no Dia da Ressurreição

Disse o Profeta:

“Minha intercessão será para aqueles dentre minha ummah que cometeram pecados maiores.”[8]

Também disse:

“Foi-me dada a escolha entre admitir metade da minha ummah no Paraíso e a intercessão, escolhi a intercessão.”[9]

6. Allah limpa os pecados através das desgraças deste mundo

Disse o Profeta: “Nenhum cansaço, exaustão, preocupação, tristeza, angústia ou dano atingem um crente neste mundo, nem mesmo um espinho que o pique, sem que Allah expie alguns de seus pecados com isso.”[10]

7. O tormento, o aperto e o terror do túmulo também expiarão pecados.

8. Suportar os horrores, a angústia e as dificuldades do Dia da Ressurreição expiará alguns pecados.

9. A Misericórdia do Mais Misericordioso

Pela misericórdia de Allah, sem causa alguma por parte dos Seus servos, muitos serão perdoados.[11]

O Pecado imperdoável

Se uma pessoa morrer como um kafir, não será perdoada. O Alcorão diz:

“Deus jamais perdoará a quem Lhe atribuir parceiros; porém, fora disso, perdoa a quem Lhe apraz. Quem atribuir parceiros a Deus cometerá um pecado ignominioso.” (Alcorão 4:48)

“São blasfemos aqueles que dizem: Deus é o Messias, filho de Maria, ainda quando o mesmo Messias disse: Ó israelitas, adorai a Deus, Que é meu Senhor e vosso. A quem atribuir parceiros a Deus, ser-lhe-á vedada a entrada no Paraíso e sua morada será o fogo infernal! Os iníquos jamais terão socorredores.” (Alcorão 5:72)



Notas de Rodapé:

[1] Sahih Al-Bukhari, Sahih Muslim

[2] Sahih Muslim

[3] Sahih Muslim

[4] Sahih Al-Bukhari, Sahih Muslim

[5] Sahih Al-Bukhari

[6] Sahih Al-Bukhari

[7] Sahih Muslim

[8] Abu Dawud

[9] Sahih al-Jami

[10] Sahih Al-Bukhari, Sahih Muslim

[11] Sahih Muslim

Teste e Navegação Rápida
Ferramentas da Lição
Ruim Ótimo
Fracassado! Tente mais tarde. Obrigado pela sua avaliação.
Deixe-nos sua Opinião ou Pergunta

Comente esta lição:: O conceito de pecado no Islam (parte 3 de 3)

Os campos marcados com um asterisco (*) são obrigatórios.

Além disso, você poderá perguntar através do chat ao vivo disponível aqui.