Linguagens

Níveis

Ajuda ao Vivo Através do Chat

 

Sobre este Site

Bem-vindo ao site eLearning da New Muslims. Este site é para muçulmanos recém-convertidos que desejam aprender sua nova religião de uma maneira fácil e sistemática. As aulas estão organizadas em níveis. Então, primeiro vá para a lição 1 do nível 1. Estude-a e depois faça o seu teste. Quando for aprovado, vá para a lição 2 e assim por diante. Felicidades.

Comece Aqui

É altamente recomendável registrar-se para que suas notas e progresso sejam salvos.  Então, primeiro registre-se aqui, depois comece com a lição 1 no nível 1 e daí em diante passe para a próxima lição. Estude ao seu gosto. Cada vez que retornar a este site, clique no botão “Leve-me onde estava” (disponível apenas para usuários registrados).

Adhan (parte 1 de 2): o chamado para a oração

Descrição: História, virtude, e método.

Por Imam Mufti

Publicado em 06 Dec 2019 - Última modificação em 25 Jun 2019

Impresso: 5 - Enviado por E-mail: 0 - Vizualizado: 369 (média diária: 1)

Categoria: Lições > Atos de Adoração > As Orações


Pré-requisito

·       A oração para Iniciantes (2 partes).

Objetivos

·       Reconhecer que o adhan cobre todos os elementos essenciais da fé.

·       Aprender a história do adhan.

·       Aprender as 6 virtudes do adhan.

·       Aprender os dizeres do adhan.

Termos em árabe

·       Adhan - A forma islâmica de chamar os muçulmanos para fazer as cinco orações obrigatórias diárias.

·       Iqamah - Esta palavra refere-se ao segundo chamado para a oração, que se faz imediatamente antes da mesma começar.

·       Shirk - Palavra que implica associar parceiros a Allah, ou conferir atributos divinos a outro que não seja Allah; ou crer que a fonte de poder, dano e bênçãos vem de outro além de Allah.

·       Salah - Palavra árabe que indica a conexão direta entre o crente e Allah. Mais precisamente, no Islam refere-se às cinco orações diárias formais e é o ato de adoração mais importante.

·       Tawhid - A Unidade e Unicidade de Allah, no que tange Sua soberania, Seus nomes e atributos, e Seu direto de ser adorado.

·       Hadith - (plural – ahadith) É um relato ou uma história. No Islam refere-se a um registro narrativo dos ditos e ações do Profeta Muhammad e seus companheiros.

·       Fajr - A oração da alvorada.

Introdução

Linguisticamente o termo Adhan significa “uma proclamação” e esse é o significado do versículo do Alcorão:

“E é uma proclamação de Allah e de Seu Mensageiro aos homens, no dia da Peregrinação maior: que Allah e Seu Mensageiro estão em rompimento com os idólatras.” (Alcorão 9:3)

No contexto religioso, o adhan é a proclamação composta de "palavras de recordação" específicas, que se faz quando o tempo para uma oração obrigatória começa. Em todo o mundo muçulmano, e em alguns lugares do Ocidente, a pessoa que chama à oração anuncia cinco vezes ao dia, a partir de cada mesquita, que é hora de rezar, de lembrar de Allah, e de deixar de lado todas as preocupações mundanas para preparar-se para a adoração Daquele que dá a vida. O louvor "Deus é o maior" ecoa por todos os rostos da civilização, desde os pequenos povoados até as capitais.

O adhan cobre todos os elementos essenciais da fé islâmica em poucas palavras:

1.    Começa proclamando a grandeza de Allah.

2.    Testifica o Tawhid de Allah e Seu direito exclusivo de adoração.

3.    Nega o shirk – a adoração de tudo que seja diferente de Allah.

4.    O adhan testifica que Muhammad, que a misericórdia e as bênçãos de Allah estejam sobre ele, é o Mensageiro de Allah.

5.    Menciona a crença em um dos maiores pilares do Islam, o salah (oração ritual).

6.    Convida à oração e a compara com a prosperidade, a salvação e o sucesso (na outra vida).

7.    Afirma a recompensa pelo salah: a prosperidade para quem escolhe Allah em Tawhid, segue ao Seu Mensageiro e cumpre com a oração e os outros pilares do Islam.

8.    Implica a perda de quem não responde ao adhan e que não reza.

História do Adhan

adhan foi prescrito no primeiro ano depois da migração do Profeta a Medina. Foi ensinado através de visões verdadeiras a dois companheiros, e inserido como parte da vida muçulmana pelo próprio Profeta. Abdullah Ibn Zaid, um companheiro do Profeta, relatou:

“O Profeta estava prestes a ordenar o uso de uma sineta para chamar o povo para rezar, mas não estava satisfeito, posto que esta se parecia com a prática cristã. Enquanto eu dormia, um homem veio até mim com uma sineta. Disse-lhe: 'Servo de Allah, me venderias esta sineta?’

Disse-me: O que farás com ela?’

Respondi, ‘Eu a usarei para chamar o povo para rezar.’

Ele respondeu, ‘Posso lhe ensinar algo melhor que isso?’

Ao que disse, ‘Certamente.’

Ele disse, ‘Dizei:

Allahu akbar, Allahu akbar, Allahu akbar, Allahu akbar

Ashhadu anlla ilaha illal-lah, ashhadu anlla ilaha illal-lah

Ashhadu anna Muhammadan Rasulullah,

ashhadu anna Muhammadan Rasulullah

Hayya ‘alas-salah, hayyah ‘alas-salah

Hayya ‘alal-falah, hayya ‘alal-falah

Allahu akbar, Allahu akbar. La ilaha illal-lah.’

Então ele se afastou um pouco e disse: ‘Quando estiver de pé para a oração, dizei:

Allahu akbar, Allahu akbar

Ashhadu anlla ilaha illal-lah

Ashhadu anna Muhammadan Rasulullah

Hayya ‘alas-salah, hayya ‘alal-falah

Qad qaamatis-salah, qad qaamatis-salah

Allahu akbar, Allahu akbar. La ilaha illal-lah.’

Quando amanheceu, fui ao Mensageiro de Allah para contar-lhe o que tinha visto. Ele disse: ‘Vosso sonho é verdadeiro, se Deus quiser. Ide a Bilal, contai a ele o que vistes e dizei que faça o chamado para a oração, pois dentre vós ele tem a melhor voz. Fui a Bilal e disse-lhe o que fazer, e ele fez o chamado para a oração. Umar estava em casa quando o ouviu. Ele saiu com sua capa, dizendo: 'Por Aquele que vos criou com a verdade, vi algo semelhante ao que ele viu'. O Profeta disse: 'Todos os louvores são para Allah.'”[1]

O Profeta designou dois companheiros para fazer o adhan em Medina, em sua Mesquita: Bilal, um antigo escravo africano, cuja liberdade fora comprada por Abu Bakr, e Ibn Umm Maktum, para o adhan do Fajr.  Ele nomeou também a Abu Mah-zura em Meca e Sa’ad al-Qaraz em Quba’.

As Virtudes do Adhan

Diversos ahadith do nosso Profeta Muhammad descrevem as virtudes do adhan:

(1)  “Se as pessoas soubessem o que há (de virtude) no adhan, na primeira fileira (da oração), e que não conseguiriam obtê-la, exceto tirando a sorte, assim o fariam para alcançar sua virtude.”[2]

O significado desse hadith é que se as pessoas soubessem da recompensa abundante que há no chamado do adhan, e não pudessem encontrar outra maneira de fazê-lo, a não ser tirando a sorte, eles assim o fariam para alcançar sua virtude. 

(2)  “Os que fazem o chamado para a oração terão os pescoços mais longos no  Dia da Ressurreição.”[3]

Diz-se que o significado desse hadith é que eles serão mestres e líderes, como os árabes descrevem os líderes como tendo pescoços longos, ou isso quer dizer que terão as melhores ações em seu crédito.

(3)  “Allah e Seus anjos enviam bênçãos sobre a primeira fileira, e quem faz o chamado para a oração é perdoado até onde sua voz alcança, e o que quer que a escute, seja animado ou inanimado, confirma o que ele disse, e ele terá uma recompensa como aqueles que rezam consigo.”[4]

(4)  “Vosso Senhor, o Exaltado, está surpreso (e satisfeito) com aquele que estando em seu pasto cuidando das ovelhas, vai para as montanhas fazer o chamado da oração e rezar. Allah, o Exaltado, diz, 'Olhai para meu servo que faz o chamado para a oração e reza por temor a Mim. Eu o perdoei e o permiti entrar no Paraíso.’”[5]

(5)  “O Imam é um avalista, e aquele que faz o chamado para a oração é alguém que é recebe a confiança. Ó, Allah, guie o imam e perdoe o que faz o chamado para a oração."[6]

(6)  “Quem quer que faça o chamado para a oração por doze anos terá o Paraíso garantido, e por cada dia sessenta boas ações serão registradas para ele, pela virtude do seu iqama.”[7]

Como o Adhan é feito?

Aqui estão alguns dizeres do adhan.

Allahu akbar  
Allah é o maior

Allahu akbar
Allah é o maior

Allahu akbar
Allah é o maior

Allahu akbar
Allah é o maior

Ashhadu anlla ilaha illal-lah
Testemunho que não há deus verdadeiro a não ser Allah

Ashhadu anlla ilaha illal-lah
Testemunho que não há deus verdadeiro a não ser Allah

Ashhadu anna Muhammadan Rasulullah
Testemunho que Muhammad é o Mensageiro de Allah

Ashhadu anna Muhammadan Rasulullah
Testemunho que Muhammad é o Mensageiro de Allah

Hayya ‘alas-salah
Venha para a oração

Hayya ‘alas-salah
Venha para a oração 

Hayya ‘alal-falah
Venha para o sucesso

Hayya ‘alal-falah
Venha para o sucesso

Allahu akbar
Allah é o maior

Allahu akbar
Allah é o maior

La ilaha illal-lah[8]
Não existe deus verdadeiro a não ser Allah



Notas de rodapé:

[1] Ahmad, Abu Dawud, Ibn Majah, Al-Tirmidhi

[2] Sahih Al-Bukhari e outros

[3] Ahmad, Sahih Muslim, Ibn Majah

[4] Nasai

[5] Ahmad, Abu Dawud, Nasai

[6] Al-Tirmidhi

[7] Ibn Majah

[8] Ahmad, Abu Dawud, Ibn Majah, Al-Tirmidhi

Teste e Navegação Rápida
Ferramentas da Lição
RuimÓtimo  Avalie
| More
Deixe-nos sua Opinião ou Pergunta

Além disso, você poderá perguntar através do chat ao vivo disponível aqui.