Linguagens

Níveis

Ajuda ao Vivo Através do Chat

 

Sobre este Site

Bem-vindo ao site eLearning da New Muslims. Este site é para muçulmanos recém-convertidos que desejam aprender sua nova religião de uma maneira fácil e sistemática. As aulas estão organizadas em níveis. Então, primeiro vá para a lição 1 do nível 1. Estude-a e depois faça o seu teste. Quando for aprovado, vá para a lição 2 e assim por diante. Felicidades.

Comece Aqui

É altamente recomendável registrar-se para que suas notas e progresso sejam salvos.  Então, primeiro registre-se aqui, depois comece com a lição 1 no nível 1 e daí em diante passe para a próxima lição. Estude ao seu gosto. Cada vez que retornar a este site, clique no botão “Leve-me onde estava” (disponível apenas para usuários registrados).

O amor de Deus e como alcançá-lo (parte 2 de 2)

Descrição: A relação entre o amor ao Profeta Muhammad e o amor por Allah. As crenças corretas, as práticas e comportamentos que nos ajudam a alcançar o amor de Allah.

Por Imam Mufti

Publicado em 09 Dec 2019 - Última modificação em 25 Jun 2019

Impresso: 3 - Enviado por E-mail: 0 - Vizualizado: 363 (média diária: 1)

Categoria: Lições > Incrementar a Fé > Métodos para Incrementar a Fé


Objetivos:

·       Compreender a relação entre amar o Profeta Muhammad e amar Allah.

·      Conhecer algumas formas de alcançar o amor de Allah.

Termos em árabe:

·       Salah – Palavra árabe para indicar a conexão direta entre o crente e Allah. Mais especificamente, no Islam, refere-se às cinco orações diárias obrigatórias e é o ato de adoração mais importante.

·       Zakah – Caridade obrigatória.

·       Sunnah  A palavra Sunnah tem vários significados segundo a área de estudo; contudo o significado que geralmente se lhe atribui é: palavras, ações e aprovações do Profeta.

·       Taqwa – Temor a Allah, piedade, consciência de Deus. Descreve um estado de recordar a Allah em tudo que faz.

·       Shahadah - Testemunho de fé.

Sexto, o amor ao Profeta (que a misericórdia e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) faz parte do amor por Allah. Todos os tesouros e riquezas do mundo não se igualam ao amor pelo Profeta. E isso deve ser discutido separadamente.

Sétimo, seguir o Profeta Muhammad é um sinal de amor por Allah, tal como diz o Alcorão:

“Dize: Se verdadeiramente amais a Deus, segui-me; Deus vos amará e perdoará as vossas faltas.’” (Alcorão 3:31)

Um muçulmano novo deve aprender o máximo possível sobre como o Profeta orava e adorava Allah, sobre sua orientação e sua Sunnah em todos os assuntos da vida, e imitá-lo com amor para ganhar o amor divino. Nada do que Allah ama ou serve para se aproximar d'Ele foi omitido pelo Profeta da misericórdia.

A próxima pergunta então é: "Como posso alcançar o amor de Allah?"

(a) O primeiro e mais importante meio de alcançar o amor de Allah é entender o significado do testemunho de fé (Shahadah) e comprometer-se a viver de acordo com ele. La ilaha ila Allah é o propósito de Sua criação, a definição de seu relacionamento com Allah e a chave para o amor de Allah e a entrada no Paraíso. Aquele cujas últimas palavras são La ilaha illa Allah nesta vida, entrará no Paraíso. É preciso também aprender os belos nomes e atributos sublimes de Allah. Não se pode realmente amar alguém que não conhece.

 (b) O segundo meio mais importante para alcançar o amor de Allah é cumprir as obrigações religiosas e acompanhá-los com atos de adoração voluntária. A mais importante das obrigações religiosas é aprender o salah e orar regularmente. Isso é seguido do jejum, pagamento do Zakah e cumprimento de outras obrigações religiosas. Alguns estudiosos dizem que há um Paraíso na Terra, que se alguém não entrar nele, não entrará no Paraíso na vida após a morte. Uma pessoa entra no Paraíso na Terra, desfrutando da adoração e obediência a Allah. Com o tempo, compreendendo o significado espiritual, e com paciência, obterá o maior benefício espiritual de cumprir com as obrigações do Islam: o amor de Allah. O Profeta (que a misericórdia e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) relatou:

“Allah o Todo Poderoso disse: 'A quem mostrar inimizade a um dos servos amados por Mim, Eu declararei guerra. E o servo Meu não se aproxima com algo mais amado por Mim do que o cumprimento do que Lhe hei prescrito. E o servo Meu continuará buscando o Meu amor mediante obras voluntárias, até que Eu o ame. Quando o amar, Serei como a sua audição com a qual ouve, como suas vistas com as quais vê, como suas mãos com as quais agarra, como suas pernas com as quais anda. E se Me pedir algo, lho concederei; e se buscar o Meu refúgio, tê-lo-á.”’ (al-Bukhari)  [Esse hadith não deve ser tomado literalmente, quer dizer que tal pessoa atuará de acordo com o que agrada a Deus. Por exemplo, não olhará coisas proibidas, escutará somente o que é útil e benéfico, como escutar a recitação do Alcorão ou lições do Islam, etc.]

(c)  Desfrutar de estar sozinho com Allah durante a oração, recitando o Alcorão, e meditando em silêncio com o Criador. Invocar a Allah, apresentando-Lhe os nossos problemas, pedindo a Sua ajuda, suplicando-Lhe nas partes da oração onde deve ser feita, tais como a prostração. Não se chega a este nível imediatamente após a primeira oração. A pessoa deve lutar contra as distrações, contra seu próprio ego e contra o demônio; e com paciência deve praticar estar atento para alcançar esse estado de salah onde chega a desfrutá-lo.

(d)  A pessoa pode alcançar o amor de Allah desenvolvendo as qualidades que Allah ama e evitando aquelas que Ele não gosta. Essas qualidades são encontradas no Alcorão e nos ensinamentos do Profeta Muhammad. Algumas delas são:

Paciência diante do preconceito religioso e da perseguição:

“Deus ama os perseverantes.” (Alcorão 3:146). 

O novo muçulmano tem de ser paciente quando enfrenta piadas, perde amigos ou é ridicularizado por aceitar o Islam. Ele deve perseverar na aprendizagem e na pratica do Islam.

Fazendo boas obras:

“E Deus ama os que fazem o bem.” (Alcorão 3:134, 148).

Controlar a ira, gastar mais em caridade e aprender os meios e modos para suplicar a Allah; todas essas ações caem dentro desta categoria.

Taqwa:

“Deus ama os piedosos.” (Alcorão 3:76).

 Taqwa é obedecer aos mandamentos de Allah e evitar Suas proibições no vestuário, na alimentação, na conduta, em relacionamentos pessoais e outros aspectos da vida.

Retornar arrependido a Allah e manter a higiene adequada:

“Deus ama os que se arrependem e os que se purificam” (Alcorão 2:222, 9:108)

Encomendar-se a Allah em todos os assuntos, especialmente nas decisões tomadas depois de consultar:

“Por que Deus ama os que se encomendam a Ele.” (Alcorão 3:159)

Ser justo:

“Porém, se os julgares, faze-o equitativamente, porque Deus aprecia os justiceiros.” (Alcorão 5:42)

Allah não ama:

A arrogância, como a de quem rejeita a verdade depois de se tornar evidente:

“Ele não ama os soberbos.” (Alcorão 16:23)

Transgressões, como falar sem conhecimento sobre Allah e Sua religião:

“Por que Deus não ama os transgressores.” (Alcorão 2:190, 5:87)

Injustiça contra os outros:

“Deus não ama os injustos.” (Alcorão 3:57, 42:40)

Ser exagerado na comida, na bebida e na vestimenta:

“E não desperdicem, por que Deus não ama os desperdiçadores.” (Alcorão 6:141, 7:31)

Difundir a corrupção, assim como incitar a guerra:

“E saibam que Deus não ama a corrupção.” (Alcorão 2:205, 5:64)

Violar tratados e compromissos:

“Deus não ama os traidores.” (Alcorão 8:59)

Os pecados:

“Deus não ama os que negam a verdade e transgridem.” (Alcorão 2:276)

A incredulidade:

“Deus não ama os que rejeitam a verdade.” (Alcorão 3:32)

A vaidade e a avareza:

“...porque Deus não estima arrogante e jactancioso algum. Quanto àqueles que são avarentos e recomendam aos demais a avareza, e ocultam o que Deus lhes concedeu da Sua graça, saibam que destinamos um castigo ignominioso para os incrédulos.” (Alcorão 4:36-37)

Enganar Allah e as pessoas:

“Deus não aprecia o pérfido, pecador. Eles se ocultam das pessoas, não podendo, contudo, ocultar-se de Deus, porque Deus está pressente, com eles, quando, à noite, discorrem sobre o que Ele desagrada.” (Alcorão 107-108)

Mencionar as más ações dos outros:

“Deus não aprecia que sejam proferidas palavras maldosas publicamente, salvo por alguém que tenha sido injustiçado; sabei que Deus é Oniouvinte, Onisciente.” (Alcorão 4:148)

Teste e Navegação Rápida
Ferramentas da Lição
RuimÓtimo  Avalie
| More
Deixe-nos sua Opinião ou Pergunta

Além disso, você poderá perguntar através do chat ao vivo disponível aqui.