Linguagens

Níveis

Ajuda ao Vivo Através do Chat

 

Sobre este Site

Bem-vindo ao site eLearning da New Muslims. Este site é para muçulmanos recém-convertidos que desejam aprender sua nova religião de uma maneira fácil e sistemática. As aulas estão organizadas em níveis. Então, primeiro vá para a lição 1 do nível 1. Estude-a e depois faça o seu teste. Quando for aprovado, vá para a lição 2 e assim por diante. Felicidades.

Comece Aqui

É altamente recomendável registrar-se para que suas notas e progresso sejam salvos.  Então, primeiro registre-se aqui, depois comece com a lição 1 no nível 1 e daí em diante passe para a próxima lição. Estude ao seu gosto. Cada vez que retornar a este site, clique no botão “Leve-me onde estava” (disponível apenas para usuários registrados).

A interpretação de sonhos

Descrição: Uma breve explicação dos sonhos, sua importância no Islam e seus três tipos diferentes. Seguidos por alguns detalhes sobre a interpretação dos sonhos e os sonhos dos profetas.

Por Aisha Stacey (© 2016 NewMuslims.com)

Publicado em 12 Jan 2020 - Última modificação em 30 May 2016

Impresso: 3 - Enviado por E-mail: 0 - Vizualizado: 442 (média diária: 2)

Categoria: Lições > Crenças Islâmicas > Artigos da Fé


Objetivos:

·       Entender como o Islam vê os sonhos e sua interpretação.

Termos em árabe:

·       Istikarah – A oração da consulta.

·       Shaitan  É a palavra usada no Islam e no idioma árabe para se referir ao Satanás, a personificação do mal.

·       Sunnah – A palavra Sunnah tem vários significados segundo sua área de estudo; todavia, o significado que geralmente se lhe atribui é: palavras, ações e aprovações do Profeta.

O significado dos sonhos

Um sonho é uma série de pensamentos, imagens e sensações que ocorrem na mente enquanto a pessoa está dormindo. Os sonhos são uma experiência humana universal e o sonhador tem muito pouco controle sobre o conteúdo. Nossas experiências em sonhos têm qualidades muito reais e podem ser extremamente vívidas e muitas vezes estranhas. Algumas pessoas relatam experiências muito emocionais durante os sonhos. Os sonhos assustadores ou perturbadores são muitas vezes chamados de pesadelos. Ao longo da história da humanidade, as pessoas vêm tentando interpretar seus sonhos e muitas pessoas acreditam que eles contêm mensagens ou símbolos importantes. Há muitas superstições e crenças associadas aos sonhos, e o Islam esclareceu muitos conceitos errados relacionados com eles e com a sua interpretação.

Os sábios do Islam dizem que, embora os sonhos possam ser significativos, nem todos os sonhos devem ser considerados importantes. Ibn Sirin é descrito como o maior especialista em interpretação de sonhos no mundo islâmico, e o chama de "uma ciência difícil que deve ser tratada com o maior cuidado". A importância de um sonho só está determinada pela impressão que ele produz no sonhador, mas a maioria dos sonhos não tem valor real e, portanto, não necessitam ser interpretados.

Os três tipos de sonho

O Profeta Muhammad (que a misericórdia e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) nos disse que existem três tipos de sonhos[1].  Um sonho verdadeiro (às vezes chamado de sonho bom) que vem de Allah, um sonho ruim ou assustador que vem do Shaitan e o terceiro é um sonho que vem das experiências e pensamentos da pessoa. Cada um deve ser tratado de maneira diferente.

O Profeta Muhammad disse que se alguém tem um sonho que goste, então é de Allah. Portanto, deve dar graças a Allah por ele, e contar aos outros[2]. O Profeta foi mais além, e disse que se uma pessoa tem um sonho bom, deve esperar que coisas boas aconteçam e só contar o sonho a quem ama [3]. Um exemplo disso no Alcorão, é quando o Profeta Yusuf (José) contou a seu pai o sonho que teve sobre o sol, a lua e as estrelas prostrando-se a ele. Seu pai, o Profeta Yaqub (Jacó), disse a Yusuf que não contasse o sonho a seus irmãos. 

“Recorda-te de quando José disse a seu pai: Ó pai, vi, em sonho, onze estrelas, o sol e a lua; vi-os prostrando-se ante mim. Respondeu-lhe: Ó filho meu, não relates teu sonho aos teus irmãos, para que não conspirem astutamente contra ti. Fica sabendo que Satanás é inimigo declarado do homem.” (Alcorao 12: 4-5)

Os sonhos aterrorizantes ou perturbadores são do Shaytan e não são nada mais  do que suas tentativas de nos assustar e aterrorizar. O Profeta Muhammad nos diz que esses sonhos não prejudicarão uma pessoa de forma alguma. Por isso, se alguém tiver um pesadelo ou um sonho ruim, deve cuspir (sem saliva) para sua esquerda três vezes e refugiar-se em Allah contra o Satanás[4]. Ele também recomendou que ele virasse mudando sua posição[5].

O terceiro tipo de sonho é um que não se encaixa nem na categoria boa, nem na ruim. Estes sonhos provêm do que uma pessoa está pensando ou se preocupando, ou de suas experiências, eventos e medos armazenados na memória e no subconsciente. Esses sonhos não têm importância e não há interpretação para eles. 

Regras para a interpretação de sonhos

É opinião da maioria dos sábios islâmicos que os sonhos só devem ser interpretados por alguém que está qualificado para isso. A razão para isso é que, a interpretação dos sonhos pode ser problemática. Vejamos, por exemplo, uma questão tão simples como saber se o sonho que você teve era sobre você, ou sobre outra pessoa, ou mesmo sobre alguém ligado a outra pessoa. Um companheiro do Profeta Muhammad viu em um sonho o grande inimigo do Islam, Abu Jahl, tornando-se muçulmano e jurando lealdade ao Profeta. Isso não aconteceu; foi o filho de Abu Jahl que, algum tempo depois, se converteu ao Islam e jurou lealdade. Os símbolos nos sonhos também são problemáticos porque significam coisas diferentes para pessoas diferentes.

Devemos ter cuidado ao confiar muito nos sonhos ou acreditar que estão cheios de significados ou símbolos ocultos. Todavia, há alguns sonhos que são fáceis de interpretar. Se o Profeta Muhammad aparece em um sonho e o é visto, tal como é descrito na Sunnah, então podemos estar seguros de que esse foi um sonho verdadeiro, um de Allah e cheio de boas novas. O Profeta disse que quem o visse em um sonho, que o havia visto de verdade [6].   

 Sobre a interpretação de sonhos como resposta a uma oração Istikarah [7], essa é uma pratica incorreta. Allah não responde a essa oração através de sonhos. Os sonhos que se interpretam devem estar de acordo com o Alcorão e a Sunnah. Um exemplo disto seria se uma pessoa sonha que está se agarrando fortemente a uma corda. Poderíamos entender que isso significaria um pacto com Allah, poque encontramos no Alcorão o seguinte versículo.:

“Apeguem-se todos a corda de Allah…” (Alcorão 3:103)

Os sonhos dos Profetas

Os sonhos verdadeiros ou bons são parte da profecia, o Profeta Muhammad nos disse que os sonhos verdadeiros são uma das 46 partes da profecia[8]. Sua amada esposa Aisha, relatou que a primeira revelação concedida ao Profeta foi um sonho verdadeiro em um estado de sono profundo, e que nunca sonhou algo que não fosse profético depois desse momento[9]. Os sábios do Islam estão de acordo que os sonhos dos profetas são uma forma de revelação. Um exemplo disso é quando o Profeta Ibrahim tentou sacrificar seu filho porque havia visto em um sonho. 

A veracidade de um sonho está relacionada com a veracidade e sinceridade daqueles que o sonham. O profeta Muhammad disse que aqueles que têm os sonhos mais verdadeiros são aqueles que são os mais verdadeiros em suas palavras [10]. Também nos disse que até o final dos dias haverão poucos sonhos falsos. Ele explicou que, uma vez que os profetas e sua influência seriam tão distantes no tempo, os crentes receberiam uma forma de compensação: sonhos verdadeiros [11].



Notas de rodapé:

[1] Sahih Al-Bukhari

[2] Sahih Al-Bukhari

[3] Sahih Muslim

[4] Sahih Al-Bukhari e Sahih Muslim.

[5] Sahih Muslim

[6] Sahih Al-Bukhari

[8] Sahih Al-Bukhari

[9] Sahih Al-Bukhari

[10] Sahih Muslim

[11] Sahih Al-Bukhari e Sahih Muslim

Ferramentas da Lição
RuimÓtimo  Avalie
| More
Deixe-nos sua Opinião ou Pergunta

Além disso, você poderá perguntar através do chat ao vivo disponível aqui.