Linguagens

Níveis

Ajuda ao Vivo Através do Chat

 

Sobre este Site

Bem-vindo ao site eLearning da New Muslims. Este site é para muçulmanos recém-convertidos que desejam aprender sua nova religião de uma maneira fácil e sistemática. As aulas estão organizadas em níveis. Então, primeiro vá para a lição 1 do nível 1. Estude-a e depois faça o seu teste. Quando for aprovado, vá para a lição 2 e assim por diante. Felicidades.

Comece Aqui

É altamente recomendável registrar-se para que suas notas e progresso sejam salvos.  Então, primeiro registre-se aqui, depois comece com a lição 1 no nível 1 e daí em diante passe para a próxima lição. Estude ao seu gosto. Cada vez que retornar a este site, clique no botão “Leve-me onde estava” (disponível apenas para usuários registrados).

Por que e como aprender o Alcorão (parte 1 de 2)

Descrição: A primeira lição sobre a aprendizagem do Alcorão ressalta a importância de vincular-se com o Livro de Allah.

Por Imam Mufti (© 2015 IslamReligion.com)

Publicado em 09 Jan 2020 - Última modificação em 25 Jun 2019

Impresso: 3 - Enviado por E-mail: 0 - Vizualizado: 367 (média diária: 1)

Categoria: Lições > O Alcorão Sagrado > Compreender o Alcorão


Objetivos:

·       Valorizar que o Alcorão é a benção de Allah e aprender algumas qualidades do Alcorão. 

·       Compreender que o Alcorão é tão vigente hoje, como quando foi revelado.

Algumas das qualidades do Alcorão

1.    Why-and-How-to-Learn-the-Quran--part-1.jpgPor que e como aprender o Alcorão? "Quando vos chegar de Mim a orientação, aqueles que seguirem a Minha orientação não serão presas do temor, nem se atribularão" (Alcorão 2: 38). 

       O Alcorão é a maior benção de Allah para você. É o cumprimento de Sua promessa a Adão e seus descendentes.

 2.   É o único meio de dominar o medo e a ansiedade. É a única "Luz" (nur) enquanto tateamos na escuridão, com a qual podemos encontrar o caminho para o sucesso e a salvação. É a única cura (shifa') para as enfermidades da alma, assim como para os males sociais que nos rodeiam. O Profeta Muhammad disse: 

“O Alcorão é um intercessor e a sua intercessão é aceita e no seu apelo se acredita. Quem o seguir, ele o conduzirá ao Paraíso, e quem o colocar atrás dele, será arrastado para o fogo.”[1]

 3.   O Profeta Muhammad disse: "Deves dedicar-se a recordação de Allah e a recitação de Seu Livro, por que é luz para ti na terra e (um meio pelo qual) serás mencionado nos Céus."[2]

O Alcorão é um lembrete constante de nossa verdadeira natureza e destino, de nossa posição, nossos deveres, nossas recompensas, dos perigos que existem. Mais do que tudo, é a única maneira de nos aproximarmos cada vez mais do nosso Criador. O Alcorão nos fala sobre Allah, sobre Seus atributos, sobre como Ele governa o cosmos e a história, sobre como Ele se relaciona conosco, e sobre como devemos nos relacionar com Ele, como devemos nos relacionar com nós mesmos, com nossos semelhantes e com outras criaturas.

As recompensas que nos esperam aqui são seguramente muitas, mas na próxima vida se incrementarão; porém o que nos espera no final do caminho, Allah o promete em um hadith qudsi,

“O que nenhum olho viu, nenhum ouvido escutou e nenhum coração concebeu jamais’. Abu Huraira completou: Lê, se quiseres: 'Nenhuma alma caridosa sabe que deleite para os olhos lhe está reservado, em recompensa pelo que fez.'" (Alcorão 32:17) [3]

O Alcorão segue tão vigente hoje como era quando foi revelado

A orientação do Alcorão, por sua própria afirmação, tem uma relevância eterna para todas as pessoas, pois é a palavra do Deus Eterno. O Alcorão, o eterno guia do Deus Vivo, é tão relevante para nós hoje como era há 14 séculos, e permanecerá sendo para sempre. A palavra do Deus Vivo foi enviada para guiar os seres humanos em todas as eras vindouras.

Para que esta declaração seja confirmada, deve ser possível para nós receber, experimentar e entender o Alcorão como fizeram seus primeiros destinatários, pelo menos até certo ponto. Em outras palavras, apesar do significado histórico da revelação em um idioma particular e em um tempo e lugar particular, devemos ser capazes de entender o Alcorão agora, porque, sua mensagem é eterna.

Para aqueles que escutaram pela primeira vez dos lábios do Profeta, o Alcorão era uma realidade viva. Eles não tinham dúvidas de que, através dele, Allah falava com eles. Os seus corações e mentes foram capturados por ele. Lágrimas fluíram dos seus olhos e os seus corpos tremeram. Encontraram no Alcorão algo profundamente importante para os seus assuntos e experiências, e integraram-no plenamente nas suas vidas. Foram completamente transformados por ele. Como resultado, aqueles que pastoreavam ovelhas e domavam camelos tornaram-se os líderes da humanidade.

Hoje temos o mesmo Alcorão conosco. Embora milhões de cópias estejam em circulação, uma vez que já não lemos o Alcorão como uma realidade viva, nossos olhos permanecem secos, nossos corações permanecem imóveis, nossas mentes permanecem intocadas, e nossas vidas permanecem inalteradas. Pode o Alcorão ser uma força viva, relevante e tão poderosa para nós agora como era há 1400 anos? Esta é a pergunta mais crucial que devemos responder se quisermos moldar nosso destino de novo sob a orientação do Alcorão.

Como é que fazemos? A resposta é simples. Estudando e aprendendo o Alcorão, entrando no mundo do Alcorão, considerando que Allah está falando conosco através dele neste momento, e cumprindo as condições necessárias para tal tarefa. Somente concentrando as nossas vidas no Alcorão é que nós, muçulmanos, encontraremos o significado da nossa existência ou encontraremos dignidade neste mundo. Mais importante ainda, sem uma ênfase na aprendizagem do Alcorão, nunca vamos agradar ao nosso Criador e Senhor.

Fazer de sua mensagem uma parte real de nossas vidas, como foi para os primeiros crentes e com a mesma relevância iminente e profunda para todos os nossos assuntos e experiências atuais. 

As bênçãos do Alcorão são ilimitadas, mas o modo em que elas são obtidas depende inteiramente da capacidade e idoneidade da recepção que você lhe der. Portanto, desde o início, esteja totalmente ciente do que o Alcorão significa para você e do que exige de você.

Em conclusão, cada muçulmano tem o dever de se dedicar à ler, compreender e memorizar o Alcorão. A próxima lição focará em como aprender o Alcorão.



Notas de rodapé:

[1] Ibn Hibban

[2] Targhib wa-Tarhib

[3] Bukhari, Muslim

Teste e Navegação Rápida
Ferramentas da Lição
RuimÓtimo  Avalie
| More
Deixe-nos sua Opinião ou Pergunta

Além disso, você poderá perguntar através do chat ao vivo disponível aqui.