Linguagens

Níveis

Ajuda ao Vivo Através do Chat

 

Sobre este Site

Bem-vindo ao site eLearning da New Muslims. Este site é para muçulmanos recém-convertidos que desejam aprender sua nova religião de uma maneira fácil e sistemática. As aulas estão organizadas em níveis. Então, primeiro vá para a lição 1 do nível 1. Estude-a e depois faça o seu teste. Quando for aprovado, vá para a lição 2 e assim por diante. Felicidades.

Comece Aqui

É altamente recomendável registrar-se para que suas notas e progresso sejam salvos.  Então, primeiro registre-se aqui, depois comece com a lição 1 no nível 1 e daí em diante passe para a próxima lição. Estude ao seu gosto. Cada vez que retornar a este site, clique no botão “Leve-me onde estava” (disponível apenas para usuários registrados).

Mantendo uma boa companhia

Descrição: Ser seletivo ao escolher amigos e companhias ajuda a preservar e proteger a religião. Esta lição esclarecedora explica como isso pode ser alcançado.

Por Imam Mufti

Publicado em 10 Dec 2019 - Última modificação em 25 Jun 2019

Impresso: 3 - Enviado por E-mail: 0 - Vizualizado: 376 (média diária: 1)

Categoria: Lições > Estilo de Vida, Valores Morais e Práticas Islâmicas > Valores Morais e Práticas Gerais


Objetivos

·       Aprender a ser seletivo ao escolher amigos e companhia.

·      Estar ciente da quantidade e do tipo de influência que os colegas exercem uns sobre os outros.

·       Conhecer os benefícios de fazer amizade com os muçulmanos corretos.

Termos em árabe 

·       Iblis – Nome árabe para Satanás.

·       Sunnah – A palavra Sunnah tem vários significados, dependendo da área de estudo; no entanto, o significado geralmente atribuído a ela é: palavras, ações, aprovações e desaprovações implícitas do Profeta.

·       Shaytan Às vezes escrito como Shaitan. É a palavra usada no Islam e na língua árabe para nomear o diabo ou Satanás, a personificação do mal.

·      Zakat  Caridade obrigatória.

·       Masjid  Palavra em árabe para mesquita.

Uma das melhores maneiras pelas quais os muçulmanos podem preservar e salvar sua religião é ser seletivo com aqueles que adotam como amigos e companhia. Sem muito esforço, você pode ver a quantidade de influência que os parceiros exercem um sobre o outro. Esclarecedor é o dito do Profeta (que a misericórdia e as bênçãos de Allah estejam sobre ele):

“Uma pessoa segue o estilo de vida (din) de seu amigo íntimo; portanto, que todos tomem cuidado com quem tomam como amigos íntimos.”(Abu Dawud)

Um fato óbvio é que amigos íntimos geralmente são amigos íntimos por causa das coisas que eles têm em comum. Possuem os mesmos interesses e hobbies, se relacionam bem e tentam agradar um ao outro fazendo as coisas que gostam. Por esse motivo, estão no mesmo din ou modo de vida. Se um indivíduo é um ladrão, ele será amigo de ladrões; se uma pessoa dedica sua vida à ciência, ela terá outros cientistas como amigos; e se alguém dedicar sua vida ao islam, escolherá outros bons muçulmanos como amigos.

     Quando alguém escolhe maus amigos, o encorajará a fazer más ações, ou pelo menos não o encorajará a fazer boas ações. Por outro lado, se uma pessoa seleciona cuidadosamente seus amigos e se cerca de pessoas boas, se aconselharão e confiarão em retidão e piedade, impedirão-se e advertirão-se de fazer o mal. Um exemplo claro disso é que, um muçulmano que ora faz amizade com uma pessoa que não ora, quando chega a hora da oração, seu amigo que não ora provavelmente não o lembrará de que é a hora da oração. Em vez disso, pode ser que, quando aquele que ora quer se desculpar para ir à oração, seu amigo tenta impedi-lo ou mandá-lo fazer isso mais tarde. Além disso, se alguém faz amizade com uma pessoa que não se importa muito em evitar cometer pecados, pode até encorajar seus amigos a cometerem o mesmo ato. Allah menciona o que uma pessoa que teve maus companheiros dirá no Dia do Julgamento no seguinte versículo:

"O injusto morderá as mãos, dizendo: 'Quem dera houvesse eu tomado caminho com o Mensageiro! Ai de mim! Quem dera não houvesse eu tomado fulano por amigo! Com efeito, ele me descaminhou da Mensagem, após ela haver-me chegado. E Satã é pérfido para com o ser humano!" (Alcorão 25: 27-29)

O Profeta disse sobre o mau companheiro:

“O exemplo de um bom companheiro e um mau é como alguém que carrega perfume e outro que é ferreiro. Quanto ao portador de perfume, ele lhe dará um perfume, você pode comprá-lo ou [pelo menos] você encontrará um perfume agradável nele. Quanto ao ferreiro, ele (o ferreiro) queimará suas roupas ou você encontrará um odor horrível vindo dele.” (Sahih Al Bukhari)

Isso é especialmente importante para os muçulmanos que adotaram o Islam recentemente ou para as pessoas nascidas em famílias muçulmanas que optaram recentemente por seguir os princípios da religião. Eles podem ter muitos hábitos e se acostumaram a várias coisas que são consideradas pecados no Islam, precisam de uma boa companhia para ajudá-los em sua luta para manter os pecados de lado. Um bom exemplo pode ser fumar ou beber. Se uma pessoa quer "abandonar o hábito", seria prejudicial para ela fazer amizade com essas pessoas ou manter a companhia de amigos antigos que fumam ou bebem. Em vez disso, eles devem manter a companhia daqueles que os lembrarão de Allah e se envolverem com o aprendizado e o ensino da religião, além de praticar seus princípios.

Muitas vezes, muitos dos que entram no Islam enfrentam oposição, discordância e danos, principalmente daqueles mais próximos. Você deve ter isso em mente e saber que através disso poderá ter elevação do seu nível, uma purificação dos pecados e uma prova pela qual Allah está testando você, tudo para ver a extensão de sua veracidade e firmeza na religião. Ter muçulmanos piedosos como amigos será um apoio adicional para você, e eles tentarão estar lá em seu momento de necessidade.

Existem muitas maneiras pelas quais podemos conhecer e interagir com pessoas boas, e um dos melhores lugares é a mesquita (masjid). Lá você encontrará os melhores muçulmanos. Allah diz, descrevendo aqueles muçulmanos que as frequentam:

“ Só frequentam as mesquitas de Allah aqueles que creem em Allah e no Dia do Juízo Final, observam a oração, pagam o zakat, e não temem ninguém além de Allah. Quiçá, estes se contem entre os encaminhados.” (Alcorão 9:18)

Se a sua mesquita ensina, não deixe de comparecer, pois as melhores reuniões são aquelas em que a religião de Allah é discutida. Se você é um estudante universitário, um local adequado para conhecer pessoas boas pode ser a Associação de Estudantes Muçulmanos. Se não houver mesquita na sua área e você mora longe de outros muçulmanos, considere mudar-se para uma área onde há mais muçulmanos. Se isso não for possível, você pode pelo menos tentar frequentar uma mesquita em uma cidade maior uma vez por semana. Enquanto isso, existem alguns grupos de caridade e círculos de estudo que você pode encontrar on-line. A todo custo, você deve fazer todo o possível para manter uma boa companhia, cercar-se de pessoas que o incentivem e o ajudem a praticar sua religião.

Pode-se pensar que é aceitável manter uma estreita amizade com aqueles que praticam outras crenças confiando que são boas pessoas. Deveríamos saber que o pior pecado do Islam é que a pessoa siga uma religião que não seja essa. Há muito mal em se associar com pessoas de outras religiões. É óbvio que eles não seguem a religião do Islam por causa das dúvidas e da confusão que possam ter sobre isso. Essas pessoas podem discutir abertamente suas dúvidas e confusões com os muçulmanos, ou tentar convertê-las em sua religião, direta ou secretamente. Muçulmanos que não têm conhecimento suficiente sobre o Islam podem começar a duvidar das questões levantadas. Este é apenas um dos muitos efeitos nocivos que podem resultar da associação frequente com pessoas de outras religiões. Isso não significa que você deve se separar de todos os seus relacionamentos passados, mas deve ter cuidado com quem se relaciona e em que medida.

No entanto, não basta fazer amizade com qualquer muçulmano. Em vez disso, deve procurar muçulmanos piedosos e com conhecimento, que estão fazendo o possível para aderir aos princípios da religião. Você pode ver muitos muçulmanos que não cumprem suas obrigações ou se abstêm das proibições da religião. A extensão em que cada pessoa recai difere de pessoa para pessoa, mas tudo se deve ao fato de o Shaytan (Satanás) estar fazendo o seu melhor trabalho para desviar as pessoas. Allah diz:

"Disse (Satanás): 'Por Teu poder, que os seduzirei'." (Alcorão 38:82).

Não deixe isso desencorajar você; antes, deixe que esse seja seu maior incentivo para fazer o máximo para servir essa religião e convidar outras pessoas a ela.

É de suma importância que você entenda sua religião a partir de fontes apropriadas e confiáveis: o Livro de Allah e os ensinamentos autênticos (Sunnah) de Seu Mensageiro. Deixe que o Mensageiro de Allah, Muhammad (que a misericórdia e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) seja seu modelo e líder, e aprenda sua biografia para que ele possa modelar sua vida de acordo com a dele. Tente, na medida do possível, ser acompanhado por pessoas de conhecimento e outros muçulmanos praticantes que aplicam o que professam e saiba que nem todos os que se dizem muçulmanos se pode confiar em questões de conhecimento. Em vez disso, certifique-se de examinar cuidadosamente aqueles de quem você toma conhecimento ou o que lê, comparando-o com o Livro de Allah e a Sunnah de Seu Mensageiro e seus sucessores bem guiados. Pegue o que estiver de acordo com a sua Sunnah e deixe qualquer coisa que se oponha a isso.

Pedimos a Allah que mantenha nossos corações firmes na religião, e não nos leve a erros de orientação depois que a Orientação nos foi concedida. Que Allah nos faça ver a verdade como verdade e nos conceda a orientação para segui-la, e que Ele nos faça ver a falsidade como falsidade e nos conceda a orientação para evitá-la.

Ferramentas da Lição
RuimÓtimo  Avalie
| More
Deixe-nos sua Opinião ou Pergunta

Além disso, você poderá perguntar através do chat ao vivo disponível aqui.