Linguagens

Níveis

Ajuda ao Vivo Através do Chat

 

Sobre este Site

Bem-vindo ao site eLearning da New Muslims. Este site é para muçulmanos recém-convertidos que desejam aprender sua nova religião de uma maneira fácil e sistemática. As aulas estão organizadas em níveis. Então, primeiro vá para a lição 1 do nível 1. Estude-a e depois faça o seu teste. Quando for aprovado, vá para a lição 2 e assim por diante. Felicidades.

Comece Aqui

É altamente recomendável registrar-se para que suas notas e progresso sejam salvos.  Então, primeiro registre-se aqui, depois comece com a lição 1 no nível 1 e daí em diante passe para a próxima lição. Estude ao seu gosto. Cada vez que retornar a este site, clique no botão “Leve-me onde estava” (disponível apenas para usuários registrados).

Os que terão sombra quando não haverá sombra (parte 2 de 2): esforçando-se para ficar sob a sombra

Descrição: Uma continuação da lição 1, descrevendo os três últimos grupos de pessoas que estarão sob a sombra de Allah.

Por Aisha Stacey (© 2014 NewMuslims.com)

Publicado em 02 Jan 2020 - Última modificação em 17 Nov 2014

Impresso: 3 - Enviado por E-mail: 0 - Vizualizado: 316 (média diária: 1)

Categoria: Lições > Crenças Islâmicas > A Próxima Vida


Objetivo

·       Entender que tipo de pessoa estará sob a sombra do Trono de Allah no Dia do Julgamento.

Termos em árabe

·       Hadith – (plural – ahadith) é uma peça de informação ou uma história. No Islam é uma narrativa registrada dos ditos e ações do Profeta Muhammad e seus companheiros.

·       Ayat – (singular – ayah)  A palavra ayat pode ter muitos significados. É quase sempre usado quando se fala de provas de Allah. Isso inclui evidências, versículos, lições, sinais e revelações.

·       Ummah – Refere-se à toda comunidade muçulmana, a despeito de cor, raça, idioma ou nacionalidade.

·       Taqwa – Pavor ou temor de Allah, piedade, consciência de Deus. Descreve um estado de consciência de Allah em tudo que se faz.

·       Shaytan  Às vezes escreve-se Shaitan ou Shaytaan. É a palavra usada no Islam e na língua árabe, para denotar o demônio ou Satanás, a personificação do mal.

·       Sadaqah – Caridade voluntária.

·       Zakah – Caridade obrigatória.

5.    Um homem que foi chamado por uma bela mulher (para cometer adultério), e ele disse: 'Temo a Allah'

ThoseShaded02.jpgObserve que, conforme explicado na lição 1, a mesma recompensa é dada a uma mulher que é tentada por um homem, mas o repreende dizendo: "Eu temo a Allah". Este mundo está cheio de tentações e, especialmente agora, no século XXI somos assaltados quase que constantemente. Nossa dependência da tecnologia nos obriga a fazer escolhas difíceis. Podemos optar por ser iludidos pelo Shaytan e seus subordinados ou podemos escolher a virtude. A atração de um gênero pelo outro é um problema antigo, uma tentação antiga e muitas pessoas foram atraídas para a destruição por não resistirem a algo que possui beleza. É por isso que encontramos as recompensas pela restrição mencionadas com tanta frequência nas ayat (versículos) do Alcorão e por que o Profeta Muhammad alertou sua Ummah sobre o perigo de não aprender o autocontrole. 

“E, quanto a quem temeu a preeminência de seu Senhor e coibiu a alma das paixões, Por certo, o Paraíso lhe será a morada.” (Alcorão 79:40-41)

As pessoas entram no Paraíso, devido geralmente ao seu taqwa de Allah, total respeito e obediência aos Seus mandamentos, e com base em sua boa conduta. A maioria, no entanto, entra no Inferno por causa do mau uso da boca e de partes íntimas.[1]

Algo que é garantido para fortalecer nossa determinação de ficar bem longe da tentação do sexo oposto é o 'temor de Allah'. Taqwa é a palavra frequentemente usada para definir o conceito de medo de Allah. O profeta Yusuf (José) era um homem com taqwa. É dito que ele será um dos líderes do povo sombreado por Allah no dia do julgamento. Sua maneira de lidar com a tentação da sedutora que era a esposa de seu empregador é um bom exemplo para todos nós. Quando se viu tentado pela beleza dela, procurou refúgio com Allah.

“E, com efeito, ela intentou estar com ele. E ele haveria intentado estar com ela, não houvesse visto a provança de seu Senhor. Assim, fizemos, para desviar-lhe o mal e a obscenidade. Por certo, ele é um dos Nossos servos prediletos.” (Alcorão 12:24)

6.    Uma pessoa que faz caridade tão secretamente de forma que a sua mão esquerda não sabe o que a sua mão direita deu.

Caridade no Islam assume duas formas: zakah, caridade obrigatória e sadaqah, caridade voluntária. O zakah possui uma posição tão alta que, em todo o Alcorão, é frequentemente associado à oração. O Islam atribui extrema importância à necessidade de dar sadaqah e zakah e coloca grande ênfase e grande recompensa em fazer essas duas formas de caridade em segredo. Dar em segredo preserva a dignidade de quem recebe e também impede o doador de buscar elogios e reconhecimento. O Islam nos diz que doar em segredo é de longe a maneira superior, mas que não deve prejudicar a doação pública, o que também é um ato muito desejável e recompensador, no entanto, chamar atenção deliberadamente para as obras de caridade é uma qualidade muito indesejável.

Bens são coisas que Allah pode nos dar a qualquer momento; no entanto, ele também pode tirá-los sem aviso prévio. Todos conhecemos pessoas que entraram em falência da noite para o dia. Devido à alta posição que a caridade ocupa no Islam, é importante que gastemos nosso patrimônio no caminho de Allah antes que não tenhamos os meios para fazê-lo. 

O exemplo dos que despendem suas riquezas no caminho de Allah é como o de um grão que germina sete espigas; em cada espiga, há cem grãos. E Allah multiplica a recompensa a quem quer. E Allah é Munificente, Onisciente. (Alcorão 2:261)

7.    Uma pessoa que recorda Allah quando se encontra sozinha, e seus olhos se enchem de lágrimas.

O Profeta Muhammad disse: “Existem dois olhos que não serão tocados pelo fogo, um olho que chora por temor a Allah e um olho que permanece alerta a noite toda, vigiando pela causa de Allah.”[2]

No primeiro tipo, estão aquelas pessoas cujos olhos transbordam lágrimas quando se lembram de Allah. Choram quando contemplam os pecados que cometeram ou poderiam ter cometido se não se lembrassem da Sua grande misericórdia. Às vezes, é fácil se deixar levar pela emoção ao rezar na congregação e muitas pessoas choram. Embora esta seja uma ação recompensável e louvável, aqueles que choram em privado, quando não há ninguém que possa vê-los além de Allah, estão em uma categoria especial e serão protegidos à Sua sombra. 



Notas de rodapé:

[1] At-Tirmidhi

[2] Ibid

Ferramentas da Lição
RuimÓtimo  Avalie
| More
Deixe-nos sua Opinião ou Pergunta

Além disso, você poderá perguntar através do chat ao vivo disponível aqui.

Outras Lições neste Nível7