Linguagens

Níveis

Ajuda ao Vivo Através do Chat

 

Sobre este Site

Bem-vindo ao site eLearning da New Muslims. Este site é para muçulmanos recém-convertidos que desejam aprender sua nova religião de uma maneira fácil e sistemática. As aulas estão organizadas em níveis. Então, primeiro vá para a lição 1 do nível 1. Estude-a e depois faça o seu teste. Quando for aprovado, vá para a lição 2 e assim por diante. Felicidades.

Comece Aqui

É altamente recomendável registrar-se para que suas notas e progresso sejam salvos.  Então, primeiro registre-se aqui, depois comece com a lição 1 no nível 1 e daí em diante passe para a próxima lição. Estude ao seu gosto. Cada vez que retornar a este site, clique no botão “Leve-me onde estava” (disponível apenas para usuários registrados).

Os direitos dos vizinhos no Islam (parte 2 de 2): vizinhos - bons e ruins

Descrição: Dicas e sugestões para tratar bem os vizinhos e como lidar com vizinhos indisciplinados ou ruins.

Por Aisha Stacey (© 2014 NewMuslims.com)

Publicado em 02 Jan 2020 - Última modificação em 23 Feb 2015

Impresso: 3 - Enviado por E-mail: 0 - Vizualizado: 330 (média diária: 1)

Categoria: Lições > Interação Social > A Comunidade Muçulmana


Objetivos

·       Aprender como cumprir com os direitos dos vizinhos de uma maneira fácil e islamicamente correta.

·       Entender que lidar com um vizinho ruim jamais deve incluir maledicência ou outro tipo de mau comportamento.

Termos em árabe

·       Sahabah - Forma plural de "Sahabi", que se traduz em companheiros. Um sahabi, como a palavra é comumente usada hoje, é alguém que viu o Profeta Muhammad, acreditou nele e morreu como muçulmano.

The Rights of Neighbours in Islam2.jpgO Profeta Muhammad disse: “O melhor dos companheiros de Allah é aquele que é melhor para o seu companheiro, e o melhor dos vizinhos para Ele é quem é melhor para o seu vizinho.” [1]  Ele também disse que aquele que prejudica seu vizinho não entrará no Paraíso.”[2]

Consequentemente, podemos ver como tratar bem os vizinhos é um conceito muito importante no Islam. Torna a vida mais agradável para todos os envolvidos; quando você está cercado por pessoas nas quais pode confiar, as provações e tribulações podem ser enfrentadas mais facilmente com o apoio e o incentivo deles. Se seus vizinhos são muçulmanos, ser um bom vizinho é fácil, porque os direitos dos vizinhos estão consagrados dentro dos princípios islâmicos. Entre os direitos de um muçulmano em detrimento de outro, estão os seguintes:

·       Cumprimente-o com a saudação de Assalam alaikum[3]

·       Visite-o quando estiver doente.

·       Ofereça condolências e ajuda na hora da calamidade.

·       Ofereça os cumprimentos na hora da alegria e felicidade.

·       Tanto quanto possível releve os erros, suporte os incômodos e omita erros.

·       Presenteie.

·       Ajude financeiramente.

·       Não tenha inveja das coisas que ele possui.

·       Oriente-o com coisas que o beneficiarão tanto nos assuntos religiosos quanto nos mundanos.

Caso seus vizinhos não sejam muçulmanos isso não quer dizer que devam ser tratados de forma diferente. Na verdade, tratá-los com o respeito com o qual o Islam insiste  só pode ser uma coisa boa. Na melhor das hipóteses, pode levá-los ao Islam e, no mínimo, todos na vizinhança coexistem de maneira pacífica e cooperativa.

A seguir estão algumas dicas práticas para aqueles que vivem em comunidades habitadas por pessoas de várias etnias e crenças:

·       Apresente-se aos vizinhos quando mudar-se para uma nova casa ou quando os vizinhos se mudarem.

·       Mostre cuidado e consideração, perguntando-lhes sobre dos mais velhos ou dos doentes crônicos. Um muçulmano não deve comer se seu vizinho está com fome, assim você poderia ajudar enviando comida, bem como cuidando de afazeres como cortar a grama ou retirando as latas de lixo. O Profeta Muhammad aconselhou um sahabi a promover boas relações de vizinhança quando disse: “... Sempre que você preparar um caldo, coloque bastante água nele e dê um pouco aos seus vizinhos."[4]

·       Presenteie. O presentear suaviza até os corações mais duros.

·       Convide seus vizinhos para refeições ou churrascos, ou até mesmo uma xícara de chá. Ao enviar seu convite certifique-se de mencionar as restrições que o Islam tem com relação ao álcool e restrições alimentares para que não haja momentos embaraçosos. Essa também é uma chance de mostrar que o álcool não é um ingrediente necessário para uma vida social feliz.

·       Aceite convites. A menos que haja uma boa razão para não o fazer, como o consumo de álcool ou dança.

·       Enquanto socializa apresente o Islam da melhor maneira. Não entre em discussões inúteis sobre religião ou política.

·       Se seus vizinhos demonstrarem interesse pelo Islam não pressione. Talvez você possa dar livros inspiradores ou convidá-los para eventos que mostram o Islam.

·       Seja o primeiro a ajudar em tempos de calamidade. Seus vizinhos podem precisar de dinheiro, transporte ou um ombro para chorar.

Tendo estabelecido que bons vizinhos são uma bênção e um bom comportamento em relação a eles é um requisito no Islam, o que uma pessoa deve fazer quando confrontada com o mau comportamento dos vizinhos? Em uma sociedade ou bairro muçulmano, uma boa maneira de impedir que seu vizinho muçulmano se comporte de uma maneira não amistosa é divulgar seu comportamento.

Um dos sahabah menciona que um homem perguntou ao Profeta como lidar com um vizinho que lhe prejudicou. O Profeta sugeriu pegar suas coisas e ficar na estrada. Quando o homem fez o que foi sugerido, as pessoas se reuniram para perguntar o que estava acontecendo. O homem maltratado explicou o que estava fazendo e que era a sugestão do Profeta Muhammad. Todos ficaram surpresos e o homem ficou desonrado. Foi com vergonha e remorso que o vizinho mau foi até o homem prejudicado e disse: “Volte para sua casa. Por Allah, não lhe causarei nenhum dano.[5]

É importante, no entanto, que, se alguém divulga o fato de que ele tem um vizinho ruim, ele não deve se permitir caluniar ou exagerar o mau tratamento. O que o Profeta aconselhou foi mostrar que a atitude de seu vizinho em relação a ele o havia levado a deixar sua casa. Ele não disse nada além. Isso foi suficiente para as pessoas reconhecerem que o assunto era sério. É importante lembrar que, ao lidar com muçulmanos e não-muçulmanos, usando o alto padrão de costumes e moral que o Islam insiste, muitas vezes fará maravilhas.

O renomado sábio islâmico Al-Qurtubi (1214-1273 E.C.) disse: “Eu digo que o tratamento amável aos vizinhos é ordenado e recomendado, sejam eles muçulmanos ou não. E esta é a coisa certa a fazer. O tratamento gentil pode ser no sentido de ajudar ou pode ser no sentido de ser gentil, evitando aborrecimento e apoiando-os.”



Notas de rodapé:

[1] Sahih Al-Bukhari

[2] Sahih Muslim

[3] A saudação islâmica é 'Assalam Alaikum' (que Deus lhe conceda proteção e segurança). A resposta para isso é 'Wa Alaikum Assalam' (e que Ele conceda o mesmo a você). Essas breves palavras em árabe informam os muçulmanos que eles estão entre amigos, não estranhos.

[4] Sahih Muslim

[5] Abu Dawud.

Ferramentas da Lição
RuimÓtimo  Avalie
| More
Deixe-nos sua Opinião ou Pergunta

Além disso, você poderá perguntar através do chat ao vivo disponível aqui.

Outras Lições neste Nível7