Linguagens

Níveis

Ajuda ao Vivo Através do Chat

 

Sobre este Site

Bem-vindo ao site eLearning da New Muslims. Este site é para muçulmanos recém-convertidos que desejam aprender sua nova religião de uma maneira fácil e sistemática. As aulas estão organizadas em níveis. Então, primeiro vá para a lição 1 do nível 1. Estude-a e depois faça o seu teste. Quando for aprovado, vá para a lição 2 e assim por diante. Felicidades.

Comece Aqui

É altamente recomendável registrar-se para que suas notas e progresso sejam salvos.  Então, primeiro registre-se aqui, depois comece com a lição 1 no nível 1 e daí em diante passe para a próxima lição. Estude ao seu gosto. Cada vez que retornar a este site, clique no botão “Leve-me onde estava” (disponível apenas para usuários registrados).

Ganancia lícita

Descrição: Esta lição explica a importância de obter renda legal e menciona algumas das principais fontes de ganho ilícito.

Por Imam Mufti (© 2014 NewMuslims.com)

Publicado em 06 Jan 2020 - Última modificação em 25 Jun 2019

Impresso: 3 - Enviado por E-mail: 0 - Vizualizado: 348 (média diária: 1)

Categoria: Lições > Estilo de Vida, Valores Morais e Práticas Islâmicas > Valores Morais e Práticas Gerais


Objetivos

·       Aprender as seis razões pelas quais você deve obter uma renda halal.

·      Compreender o conceito de 'baraka'.

·       Apreciar o princípio que declara: "Em assuntos mundanos, tudo é permitido, exceto o especificamente proibido; e em assuntos religiosos, somente aquilo que existe evidência é permitido."

·      Aprender algumas das principais fontes de renda haram.

Termos em árabe:

·       Baraka - Aumento, bênção.

·       Hadith -  (plural: ahadith) É um relato ou uma história. No Islam, é um registro narrativo dos ditos e ações do Profeta Muhammad e seus companheiros.

·       Halal - Permitido.

·       Haram - Proibido.

·       Riba - Juros.

·       Sunnah A palavra Sunnah tem vários significados, dependendo da área de estudo; no entanto, o significado geralmente atribuído a ela é: palavras, ações e aprovações do Profeta.

Lawful_Earning.jpgA riqueza é uma das inúmeras bênçãos que vêm do nosso Criador, e permanece como tal - algo que pode ser desfrutado nesta vida - desde que seja usada dentro dos limites estabelecidos por Allah e em benefício de outros, incluindo a própria família.

"As riquezas e os filhos são o ornamento da vida terrena..." (Alcorão 18:46)

Ao mesmo tempo, a riqueza material pode ser um teste para distinguir quem é grato daquele que está interessado apenas na bênção e se esquece de quem a deu. Simplificando, Allah dá prosperidade a quem Ele deseja como teste.

“E sabei que vossas riquezas e vossos filhos vos são provação e que, junto de Allah, há magnífico prêmio...” (Alcorão 8:28)

Assim como durante um teste na escola, somos totalmente cautelosos em relação ao desempenho, da mesma forma quando arrumamos um emprego, fazemos negócios ou obtemos nosso sustento de qualquer outra maneira, devemos garantir que o façamos dentro dos limites estabelecidos por Allah. Devemos evitar fontes de renda proibidas no Islam.

Razões pelas quais devemos prestar atenção na nossa fonte de renda

A seguir, algumas razões que devem nos motivar:

1.    Buscando renda halal, seguimos os passos dos profetas de Allah. Allah diz no Alcorão: Ó Mensageiros! Comei das cousas benignas e fazei o bem. Por certo, do que fazeis, sou Onisciente.(Alcorão 23:51) Comer 'coisas benignas' significa comer o que é halal. Além disso, o Profeta Muhammad disse:

“Allah, o Todo-Poderoso, é puro e aceita apenas o que é puro. E, de fato, Allah ordenou aos crentes que fizessem o que Ele ordenou aos Mensageiros. Então o Todo-Poderoso disse:

‘Ó Mensageiros! Comei das cousas benignas e fazei o bem.' (Alcorão 23:51)

E o Todo-Poderoso disse:

‘‘Ó vós que credes! Comei das cousas benignas que vos damos por sustento.” (Alcorão 2:172) [1]

2.     Comer alimentos halal obtidos com renda halal nos leva ao Paraíso. O Profeta Muhammad disse: "Quem come o bem e o puro, que age de acordo com a Sunnah serão as pessoas que estarão a salvo, entrarão no Paraíso." [2]

3.     A pessoa não poderá se mudar de seu lugar até que tenha respondido a Allah de onde veio sua renda. O Profeta Muhammad disse: "Os pés de uma pessoa não se moverão no Dia do Julgamento até que sejam perguntados sobre cinco coisas: sobre sua vida e o que ele fez com ela; sobre sua juventude e como a liderou; sobre sua riqueza, como ele a obteve e no que a usou e o que fez com seu conhecimento.”[3]

4.     As orações de uma pessoa que come, bebe e veste roupas de renda halal são atendidas. O hadith menciona: “... Então ele (que a misericórdia e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) mencionou [o caso] de um homem que, tendo viajado para longe, está desgrenhado e empoeirado, e que estende as mãos para o céu dizendo 'Ó Senhor! Ó Senhor!' Enquanto sua comida é haram (ilícita), sua bebida é haram, suas roupas são haram e ele foi nutrido com haram, então como [sua súplica] pode ser respondida?!”[4]

5.     O Profeta anunciou que uma atitude negligente em relação à nossa fonte de renda é um sinal do fim dos tempos. Ele disse: "Chegará um momento em que um homem não se importará de onde vem sua riqueza, se [a fonte] for halal ou haram.[5]

6.    O sustento halal é abençoado por Allah. O conceito de bênção é chamado baraka no Islam. A baraka é uma graça de Allah para alguém e sobre a qual nunca podemos intervir. Tudo em que um aumento pode ser observado sem perceber sua origem é abençoado, tem baraka. A renda halal pode ser abençoada a tal ponto que as despesas são reduzidas. Se sua renda não for halal, você poderá ter despesas imprevistas; e você pode obter mais dinheiro de fontes haram, mas terá muito mais despesas.

Principais fontes de renda Haram

Ganhar uma renda halal é uma luta econômica de um crente, e deve ser realizada como uma obrigação religiosa. Assim, um muçulmano deve se envolver em profissões e negócios halal.

      Existe uma regra islâmica que afirma que todos os assuntos mundanos são permitidos, incluindo empregos e negócios, a menos que sejam especificamente proibidos. Por outro lado, em questões religiosas, tudo é inadmissível, a menos que haja uma prova islâmica. Com base nesse princípio, a maioria dos empregos e empresas é permitida, com as seguintes grandes exceções:

1.     Riba (juros), jogos de azar, pornografia e bebidas alcoólicas são haram, e não importa quão atraentes sejam as recompensas financeiras de se envolver nessas empresas, um muçulmano deve se abster delas. Também não é permitido trabalhar em uma empresa cujo negócio principal seja o riba (como um banco convencional) ou jogos de azar (como um cassino). Da mesma forma, não é permitido negociar ações dessas empresas.

2.     Prostituição é haram. Da mesma forma, o Islam não permite dança ou atividades eróticas sexualmente provocantes, como canções sugestivas ou obscenas, nem escrever ou produzir material sexualmente provocativo. É proibido trabalhar em uma boate ou salão de dança. Também não é permitido vender e fabricar instrumentos musicais.

3.     É haram fazer negócios em suínos, ídolos, estátuas ou qualquer coisa desse tipo cujo consumo e uso que o Islam tenha proibido. O Islam proíbe a aquisição de estátuas e, ainda mais fortemente, a criação delas.

4.     Fabricação de intoxicantes e medicamentos. O Islam proíbe qualquer participação na promoção de bebidas alcoólicas, seja na fabricação, distribuição ou consumo, e que qualquer pessoa que participe de alguma dessas coisas seja amaldiçoada pelo Mensageiro de Allah. Também não é permitido trabalhar em um bar, uma loja de bebidas ou uma empresa que fabrica bebidas alcoólicas.

5.    É proibido qualquer serviço prestado em apoio à injustiça ou na promoção do que é haram. Não é permitido que um muçulmano seja um oficial ou soldado de um exército que esteja lutando abertamente contra muçulmanos, nem trabalhe em uma corporação ou fábrica que fabrique armas para serem usadas contra muçulmanos, nem em uma organização hostil ao Islam e que luta contra seus seguidores.

Se você tiver uma situação especial e precisar de esclarecimentos sobre o que fazer, consulte um estudioso islâmico respeitável.



Notas de rodapé:

[1] Sahih Muslim

[2] Tirmidhi

[3] Tirmidhi

[4] Sahih Muslim

[5] Sahih Al-Bukhari, Nasai

Ferramentas da Lição
RuimÓtimo  Avalie
| More
Deixe-nos sua Opinião ou Pergunta

Além disso, você poderá perguntar através do chat ao vivo disponível aqui.