Linguagens

Níveis

Ajuda ao Vivo Através do Chat

 

Sobre este Site

Bem-vindo ao site eLearning da New Muslims. Este site é para muçulmanos recém-convertidos que desejam aprender sua nova religião de uma maneira fácil e sistemática. As aulas estão organizadas em níveis. Então, primeiro vá para a lição 1 do nível 1. Estude-a e depois faça o seu teste. Quando for aprovado, vá para a lição 2 e assim por diante. Felicidades.

Comece Aqui

É altamente recomendável registrar-se para que suas notas e progresso sejam salvos.  Então, primeiro registre-se aqui, depois comece com a lição 1 no nível 1 e daí em diante passe para a próxima lição. Estude ao seu gosto. Cada vez que retornar a este site, clique no botão “Leve-me onde estava” (disponível apenas para usuários registrados).

Os Califas Bem Guiados: Ali ibn Abi Talib (parte 1 de 2)

Descrição: Uma breve biografia do companheiro, primo e genro do Profeta Muhammad e o quarto Califa Bem Guiado do Islam. Também faremos uma breve análise em algumas de suas conquistas e desafios.

Por Aisha Stacey (© 2014 NewMuslims.com)

Publicado em 02 Jan 2020 - Última modificação em 17 Mar 2015

Impresso: 3 - Enviado por E-mail: 0 - Vizualizado: 306 (média diária: 1)

Categoria: Lições > O Profeta Muhammad > Seus Companheiros


Objetivo:

·       Aprender sobre a vida de Ali ibn Abi Talib, e entender sua importância na história do Islam.

Termos em árabe:

·       Khalifah (plural: Khulafa’) – Califa. Às vezes soletrado Khalif. Ele é o principal governante religioso e civil muçulmano, considerado o sucessor do Profeta Muhammad. Um califa não é um monarca.

·       Ummah – Refere-se à toda comunidade muçulmana, a despeito de cor, raça, idioma ou nacionalidade.

·       Rashidun – Aqueles que são guiados corretamente. Mais especificamente, um termo coletivo para se referir aos quatro primeiros califas.

·       Hijrah – (Hégira, em português) – É o ato de migrar de um lugar para outro. No Islam a Hégira refere-se aos muçulmanos migrando de Meca para Medina, marca também o início do calendário islâmico.

Ali ibn Abi Talib é o quarto Califa Bem Guiado do Islam, o quarto dos Rashidun. Ele governou a Ummah muçulmana, depois de Abu Bakr, Umar ibn Al-Khattab e Uthman, de 656 a 661 E.C. Ali passou a infância imitando o caráter nobre de seu amado primo, Muhammad, e sua juventude aprendendo os detalhes do Islam. Transformou-se em um nobre guerreiro com um coração humilde, e é lembrado por sua coragem, honestidade, generosidade, bondade e devoção ao Islam.

Ali era o filho de Abu Talib, tio e guardião do Profeta Muhammad. Quando era pequeno, uma grande fome devastou Meca e redondezas e Abu Talib foi incapaz de alimentar e vestir sua família. O Profeta Muhammad, que a misericórdia e as bênçãos de Allah estejam sobre ele, e sua esposa Khadija se ofereceram para acolher Ali e cuidar dele. Como consequência direta disso, Ali e Muhammad se tornaram muito próximos e ele tentou ao máximo imitar o comportamento e o caráter nobre de seu primo. Ali tinha cerca de 10 anos quando o Profeta Muhammad recebeu as primeiras revelações. Também estava presente em casa quando Muhammad revelou à sua família que havia sido chamado para ser o Mensageiro de Allah. Assim, Ali aceitou a verdade do Islam desde muito cedo e sua dedicação e apoio ao tio eram inquestionáveis.

A história do Islam está repleta de exemplos do compromisso de Ali com a sua causa e com o Profeta Muhammad, que a misericórdia e as bênçãos de Allah estejam sobre ele. Quando o Profeta convocou uma reunião com os homens da tribo para explicar a nova fé e sua posição nela, ele perguntou claramente quem o apoiaria. Quando todos os presentes ficaram quietos, Ali, mesmo sendo jovem, levantou-se e prometeu seu apoio. Quando os líderes de Meca planejavam assassinar o Profeta Muhammad, os muçulmanos decidiram partir e fazer a hijrah para Yathrib (que em breve seria renomeada como Medina). Muhammad, Abu Bakr e Ali foram os únicos que ficaram para trás. Enquanto o Profeta Muhammad e Abu Bakr caminhavam pela noite no deserto, Ali dormia em sua cama, esperando para enfrentar os assassinos. Ali sobreviveu à noite e, nos próximos dias, ele devolveu os objetos de valor que haviam sido confiados ao Profeta Muhammad, a seus legítimos proprietários. Logo após completar sua missão,  juntou-se aos muçulmanos em Yathrib.

Como Uthman, Ali também era genro do Profeta, ele se casou com Fátima, a sua filha mais nova. Ali e Fátima viveram vidas austeras, muito humildes, mas às vezes a vida era realmente muito difícil. Muitas vezes eles estavam com fome e sobrecarregados de trabalho, mas mesmo assim sua generosidade continuou. Houve momentos em que eles deram a última comida para ajudar alguém ainda mais pobre que eles. Certa vez, quando o jovem casal aproximou-se do Profeta Muhammad pedindo um servo, ele os repreendeu por pedir luxos quando pessoas pobres enchiam a mesquita. Na mesma noite, o Profeta Muhammad os visitou em sua casa e ensinou-lhes palavras da lembrança de Allah. Ele garantiu que lembrar de Allah seria mais benéfico do que um servo para facilitar sua carga de trabalho. Ali nunca esqueceu as palavras de conselho que lhe foram dadas naquela noite e disse que nem uma noite se passou que ele não recitasse essas palavras antes de dormir.

O casamento de Ali e Fátima durou 10 anos até a morte de Fátima. Durante esse período, eles tiveram quatro filhos e seus filhos Hasan e Husayn ficaram particularmente próximos do Profeta Muhammad. Embora a poligamia fosse permitida, Ali não se casou com outra mulher enquanto Fátima estava viva, e seu casamento é encarado como algo especial. Ambos eram bem amados pelo Profeta Muhammad e um pelo outro. Após a morte de Fátima, Ali se casou com outras esposas e teve muitos filhos.

Ali foi descrito como um dos companheiros mais virtuosos do Profeta Muhammad e era conhecido por ser um dos mais leais defensores do Islam. Tornou-se um forte guerreiro e distinguiu-se na primeira batalha crucial contra os mecanos, conhecida como Batalha de Badr. O Profeta Muhammad concedeu-lhe o apelido de "Leão de Allah". É relatado nas tradições autênticas do Profeta Muhammad que, durante a batalha de Khaybar, ele deu uma grande honra a seu jovem primo. Na noite anterior à batalha, o Profeta Muhammad informou a seus companheiros que a bandeira seria dada a 'um homem que ama Allah e Seu Mensageiro e também é amado por Allah e Seu Mensageiro, ele não foge do campo de batalha, e Allah trará vitória através dele'. Os companheiros passaram a noite se perguntando a quem a bandeira também seria entregue. Todos os companheiros esperavam por essa honra, mas desta vez em particular a honra pertenceu a Ali.

Depois que o Profeta Muhammad morreu e Abu Bakr foi eleito khalifah, Ali se aposentou da vida pública e dedicou-se a estudar e ensinar o Alcorão. Ele foi consultado em questões de estado por Abu Bakr e Umar ibn Al-Khattab e deu uma de suas filhas, Umm Kulthum, a Umar em casamento. Quando Uthman ibn Affan foi assassinado a serviço da Ummah muçulmana, Ali foi escolhido como o quarto daqueles homens conhecidos como Califas Bem Guiados do Islam.

Ferramentas da Lição
RuimÓtimo  Avalie
| More
Deixe-nos sua Opinião ou Pergunta

Além disso, você poderá perguntar através do chat ao vivo disponível aqui.

Outras Lições neste Nível7