Linguagens

Níveis

Ajuda ao Vivo Através do Chat

 

Sobre este Site

Bem-vindo ao site eLearning da New Muslims. Este site é para muçulmanos recém-convertidos que desejam aprender sua nova religião de uma maneira fácil e sistemática. As aulas estão organizadas em níveis. Então, primeiro vá para a lição 1 do nível 1. Estude-a e depois faça o seu teste. Quando for aprovado, vá para a lição 2 e assim por diante. Felicidades.

Comece Aqui

É altamente recomendável registrar-se para que suas notas e progresso sejam salvos.  Então, primeiro registre-se aqui, depois comece com a lição 1 no nível 1 e daí em diante passe para a próxima lição. Estude ao seu gosto. Cada vez que retornar a este site, clique no botão “Leve-me onde estava” (disponível apenas para usuários registrados).

Parentalidade no Islam (parte 2 de 2)

Descrição: Etapas básicas que todos os pais precisam saber para ter sucesso na parentalidade.

Por Abdurrahman Murad (© 2013 NewMuslims.com)

Publicado em 02 Jan 2020 - Última modificação em 23 Sep 2013

Impresso: 2 - Enviado por E-mail: 0 - Vizualizado: 325 (média diária: 1)

Categoria: Lições > Interação Social > A Comunidade Muçulmana


Objetivos:

·       Saber que a boa parentalidade começa antes da gravidez. 

·       Saber que a responsabilidade de ser bons pais recai sobre ambos.

·       A importância de dar bons nomes às crianças.   

Termos em árabe

·       Sunnah – A palavra Sunnah tem vários significados segundo a área de estudo; contudo o significado que geralmente se lhe atribui é: palavras, ações e aprovações do Profeta.

·       Du’a – Súplica, oração, pedir a Allah por alguma coisa.

Tenha boas amizades

Parenting2.jpgTer bons amigos é imperativo na construção de uma família forte. O Profeta, que a misericórdia e as bênçãos de Allah estejam sobre ele, disse:

“A pessoa será influenciada por seus companheiros, portanto, fiquem atentos a quem acompanham.”[1]

Isso é verdade para pais e filhos. As crianças são facilmente influenciadas por quem as rodeia; se os pais mantiverem boa companhia, isso incentivará os filhos a fazer o mesmo. No Ocidente, isso é absolutamente imperativo, pois os amigos podem ser muito anti-islâmicos em sua ideologia e comportamento; portanto, deve ficar claro para os pais que manter boa companhia e evitar a má ajudará seus filhos a distinguir entre o que é permitido do que não é. Ajudará as crianças a entenderem que, embora existam pessoas que bebem álcool ou fazem coisas ilícitas, essas não são boas coisas a fazer e existem alternativas lícitas.

Os pais devem ser ativos na escolha dos melhores companheiros e amigos para os filhos. Se as crianças quiserem levar seus amigos para casa, seria prudente permiti-lo, para que possam ver quem são e se envolver ativamente com seus filhos.

Súplicas a Allah

Allah, o Exaltado, diz::

“…Suplicai-Me, Eu vos atenderei..." (Alcorão 40:60)

Pedir a Allah que conceda sucesso aos filhos é a melhor coisa que os pais podem fazer por eles. Os  du'as dos pais são aceitos por Allah, o Profeta, que a misericórdia e as bênçãos de Allah estejam sobre ele, disse:

“Três du'as são atendidas por Allah, sem dúvidas, a du'a do injustiçado, a du'a do viajante e a du'a dos pais por seus filhos.”[2]

Até agora, discutimos os principais pontos que devem estar na mente de todos os pais. Agora discutiremos um passo que é tão importante, mas é um passo que antecede a criação de uma família. 

Escolhendo um cônjuge

Esse é o passo mais importante para ter uma família bem-sucedida no Ocidente. O Profeta, que a misericórdia e as bênçãos de Allah estejam sobre ele, disse:

“Escolha o melhor cônjuge para começar a tua família.”[3]

O Profeta, que a misericórdia e as bênçãos de Allah estejam sobre ele, foi mais longe para explicar quem era o "melhor" cônjuge. Ele explicou que o melhor cônjuge é aquele que tem motivação religiosa e possui um bom caráter. Ele disse:

“As mulheres podem ser desposadas por quatro coisas: por seus bens, pela linhagem, beleza e comprometimento religioso. Escolha a que é comprometida religiosamente, que tuas mãos sejam esfregadas com poeira (ou seja, que você prospere).”[4]

Desses dois textos, fica claro que um muçulmano deve escolher um bom cônjuge; isso vale para homens e mulheres.

Se uma escolha for feita simplesmente por questões mundanas, esse relacionamento não será proveitoso em termos de criação de uma boa família.

O marido e a esposa devem olhar além do estágio inicial do casamento para o que está por vir: a família. Como o ambiente que está sendo criado através desse vínculo matrimonial será propício para criar uma boa família? Essa é uma pergunta muito importante que deve ser respondida. Em um relacionamento que funciona adequadamente, ambos os cônjuges trabalham juntos para criar uma boa família muçulmana. É uma grande responsabilidade; uma que o Profeta claramente indicou através de suas palavras, dizendo:

Todos vocês são responsáveis ​​por aqueles sob seus cuidados. Um líder de uma nação é responsável por aqueles sob seus cuidados; um homem é responsável por sua família; uma mulher é responsável por quem está sob seus cuidados.[5]

Existem muitos modelos básicos que são importantes para ambos os cônjuges no início de seu relacionamento; quando são implementados garantirão um bom começo em suas vidas. Um desses hábitos é que o Profeta nos disse que um marido deve colocar a mão na testa de sua noiva e dizer:

“Ó Allah, Eu Te peço pela sua bondade e pela bondade que está dentro da sua natureza e eu busco em Ti refúgio do seu mal e do mal da sua natureza.”[6]

Existem muitos outros modelos básicos que os cônjuges devem aprender e preservar.

Filhos

Após o estágio crítico de escolha de um bom cônjuge, marido e mulher devem trabalhar para manter os hábitos mencionados na Sunnah na criação de uma família

O Profeta, que a misericórdia e as bênçãos de Allah estejam sobre ele, disse:

De fato, você será chamado no Dia da Ressurreição por seus nomes e pelos nomes de seus pais; portanto, escolha (para seus filhos) bons nomes.[7]

Hoje, alguns dos nomes que são dados para nossos filhos são terríveis!  Algumas vezes os pais escolhem nomes de celebridades não-muçulmanas, ou procuram em suas culturas para escolher nomes 'únicos', sem iguais, que têm raiz cultural.

Os nomes que uma pessoa carrega têm um efeito profundo em sua criação; um nome que tem um significado ruim ou negativo, deve ser evitado. O Profeta nos deus instruções muito claras sobre como escolher esses nomes. Ele deu esta demonstração: Uma vez, um dos seus companheiros, Zaid al-Khalil, foi rebatizado por ele como Zaid al-Khair; Khalil significa cavalos, enquanto que khair signfica bondade. Ele também instruiu ativamente seus companheiros a evitarem usar nomes que tenham significados estranhos.

O Profeta, que a misericórdia e as bênçãos de Allah estejam sobre ele, nos instruiu dizendo:

“Os nomes mais amados de Allah são Abdullah e Abdur-Rahman.”[8]

Abdullah significa o 'Servo de Allah' e Abdur-Rahman significa o 'Servo do Mais Beneficente'’.   

Não se esqueça das pequenas coisas

      Cada estágio de crescimento das crianças deve ser monitorado de perto pelos pais; devem ensinar a eles as habilidades necessárias à medida que progridem. Por exemplo, quando as crianças são mais jovens, a etiqueta e os hábitos adequados devem ser instilados em seus filhos. Mais tarde, eles podem aprender o motivo pelo qual devem se comportar de uma certa maneira. Histórias contadas nessa fase raramente são esquecidas.

Uma criança também deve ser instada a memorizar o dua e o Alcorão. Se eles forem educados com essas 'pequenas coisas', certamente poderão progredir em suas vidas da maneira mais saudável possível.

 



Notas de Rodapé:

[1] Abu Dawud

[2] Ibn Majah

[3] Sahih al-Jami

[4] Sahih Al-Bukhari, Sahih Muslim

[5] Sahih al-Jami

[6] Abu Dawud

[7] Abu Dawud

[8] Sahih Al-Bukhari

Ferramentas da Lição
RuimÓtimo  Avalie
| More
Deixe-nos sua Opinião ou Pergunta

Além disso, você poderá perguntar através do chat ao vivo disponível aqui.

Outras Lições neste Nível7