Linguagens

Níveis

Ajuda ao Vivo Através do Chat

 

Sobre este Site

Bem-vindo ao site eLearning da New Muslims. Este site é para muçulmanos recém-convertidos que desejam aprender sua nova religião de uma maneira fácil e sistemática. As aulas estão organizadas em níveis. Então, primeiro vá para a lição 1 do nível 1. Estude-a e depois faça o seu teste. Quando for aprovado, vá para a lição 2 e assim por diante. Felicidades.

Comece Aqui

É altamente recomendável registrar-se para que suas notas e progresso sejam salvos.  Então, primeiro registre-se aqui, depois comece com a lição 1 no nível 1 e daí em diante passe para a próxima lição. Estude ao seu gosto. Cada vez que retornar a este site, clique no botão “Leve-me onde estava” (disponível apenas para usuários registrados).

Um olhar sobre a vida do Profeta Jesus

Descrição: Eventos da vida do Profeta Issa que nos ensinam lições valiosas que podem ser aplicadas na vida de muçulmanos e cristãos de hoje. 

Por Aisha Stacey (© 2013 NewMuslims.com)

Publicado em 22 Dec 2019 - Última modificação em 04 Dec 2016

Impresso: 3 - Enviado por E-mail: 0 - Vizualizado: 382 (média diária: 1)

Categoria: Lições > Crenças Islâmicas > A Vida de outros Profetas


Objetivos:

·       Examinar vários eventos na vida do Profeta Jesus (Issa).

·       Entender que Jesus nunca chamou a si mesmo de Deus.

·       Compreender que abraçar o Islam não significa deixar de crer em Jesus.

Termos em árabe:

·       Issa – O nome em árabe para Jesus, Para uma explicação mais completa, acesse: http://www.islamreligion.com/articles/1447/

·       Sunnah - A palavra Sunnah tem vários significados; porém o significado que geralmente a atribuem é: palavras, ações e aprovações do Profeta.

·       Al-Fatihah – O capítulo que abre o Alcorão.

·       Injil – A palavra em árabe para Evangelho, nesse caso se refere ao evangelho de Jesus, antes do que foi distorcido ou alterado com o passar do tempo.

·       Zakah - Caridade obrigatória.

No Islam, Issa é um homem amado e estimado, um Profeta e Mensageiro que chamava seu povo a adoração do Único e verdadeiro Deus. Muçulmanos e cristãos compartilham algumas crenças muito semelhantes sobre Issa. Uma descrição completa pode ser encontrada aqui: http://www.islamreligion.com/articles/1412/ e em outros artigos nesta mesma página da web. Porém, os muçulmanos e cristãos são mundos à parte em um detalhe muito importante: os muçulmanos não acreditam que Issa é Allah ou que ele seja filho de Allah, ou que seja parte de uma trindade. 

Lição 1

Os muçulmanos também amam Issa

O status do Profeta Issa às vezes se torna problemático para muitos cristãos que se convertem ao Islam. A princípio é difícil para eles reconciliarem as velhas crenças espirituais com as recém-adotadas. A primeira lição importante que podemos aprender ao vislumbrar a vida do Profeta Issa é que ele segue sendo uma pessoa muito importante, quem ama o Profeta Issa pode abraçar o Islam sem ter que deixar de amá-lo. No Islam, amar a todos os profetas e mensageiros é um princípio chave da fé. 

O Profeta Issa é uma figura tão influente entre muçulmanos e cristãos que é possível que ambos construam pontes de entendimento, tolerância e valores compartilhados através de seu amor por esse Profeta.

Lição 2

Issa nunca se referiu a si mesmo como Deus

Nem nos evangelhos cristãos - que os muçulmanos se referem como Injil - nem nas fontes do Islam, Issa nunca se chamou de Deus (Allah) ou ensinou que era mais do que um Profeta ou Mensageiro de Allah para o povo de Israel. Issa ensinou seus seguidores a orar somente a Deus, não a si mesmo, nem ensinou que as pessoas devem orar em seu nome.

O primeiro dos dez mandamentos revelados ao Profeta Moisés (Mussa) foi: "Ouve, ó Israel, o Senhor é o nosso Deus, o Senhor é um só" (Deuteronômio 6:4). Isso foi reiterado e confirmado por Issa no Evangelho de Marcos (12,28-29): "Quando um dos escribas se aproximou e [...] lhe perguntou: 'Qual é o mandamento mais importante (o primeiro) de todos?' Jesus respondeu: 'O mais importante é: Ouve, ó Israel; o Senhor nosso Deus, o Senhor é um.'"

No Alcorão o Profeta Issa diz:  “…quando Jesus lhes apresentou as evidências, disse: Trago-vos a sabedoria, para elucidar-vos sobre algo que é objeto das vossas divergências. Temei, pois, a Deus, e obedecei-me! Deus é meu Senhor e vosso. Adorai-O, pois! Eis aqui a senda reta! .’” (Alcorão 43:63)

Nas palavras da Bíblia King James, quando um dos discípulos de Issa lhe perguntou: "Senhor, ensina-nos a orar, como João ensinou aos seus discípulos. Ele respondeu: 'Quando orarem, dizei: Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome, venha o teu reino, seja feita a tua vontade na terra como no céu, dai-nos hoje o pão nosso de cada dia, perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos aos que nos ofendem, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal.'" (Lucas 11:1-4; Mateus 6:9-13)

Issa estava ensinando a seus seguidores o que o cristianismo chama de "O Pai Nosso", uma oração que os cristãos têm alta estima, do mesmo modo que os muçulmanos têm pelo primeiro capítulo do Alcorão, Al-Fatihah

Lição 3

O laço de irmandade existente entre os Profetas Issa e Muhammad

Como Issa, filho de Maria, o Profeta Muhammad veio confirmar a mensagem dos Profetas que o precederam, e chamou o povo para adorar o único Deus. Em sua Sunnah, o Profeta Muhammad se refere à relação que existe entre os profetas de Allah como uma irmandade. Mas quando ele falou do Profeta Issa, disse: “Eu sou o mais próximo do filho de Maria neste mundo e no próximo. Não há Profeta entre ele e eu.[1]

Também disse: “Quem testemunhar que não há nada digno de adoração exceto Allah, sem parceiros, e que Muhammad é Seu servo e Profeta, e que Jesus é o Servo de Deus, Seu Profeta e Sua palavra [2] a qual concedeu a Maria, e um espirito criado por Ele, que o Paraíso (céu) é verdade e que o Inferno é verdade, Allah o admitirá no Seu Paraíso, de acordo com suas obras.”[3]

Allah diz no Alcorão: "Jesus, filho de Maria, é um Mensageiro de Deus e Sua palavra (Seja!) que concedeu a Maria; um espírito criado por Ele.”[4]

Lição 4

Justiça Social

Tanto Muhammad como Issa tiveram visões fortes e inflexíveis da justiça social. Ambos lutaram contra as desigualdades e injustiças em suas respectivas sociedades, e ambos foram ardentes defensores dos pobres, viúvas e órfãos. 

O Profeta Muhammad disse: “Aquele que cuida e ajuda uma viúva ou uma pessoa pobre, é como um guerreiro que luta pela causa de Allah ou como uma pessoa que jejua durante o dia e reza durante a noite.” [5]

“O Zakah são tão-somente para os pobres, para os necessitados, para os funcionários empregados em sua administração, para aqueles cujos corações têm de ser conquistados, para a redenção dos escravos, para os endividados, para a causa de Deus e para o viajante; isso é um preceito emanado de Deus, porque é Sapiente, Prudentíssimo.” (Alcorão 9:60)

O profeta Issa também falou frequentemente em nome dos pobres e desfavorecidos. O famoso Sermão da Montanha é um exemplo: "Bem-aventurados os pobres, porque o vosso é o Reino de Deus. Abençoados sois vós que agora tendes fome, porque sereis saciados. Bem-aventurados vós que agora chorais, porque rirão." (Lucas 6:20-21)

No Evangelho de Mateus (25:31-46), o Profeta Issa sugere que seus seguidores serão conhecidos e julgados por suas ações de alimentar os famintos, vestir os nus, visitar os doentes e presos. Issa diz que quando alguém faz uma dessas ações ao "menor" de seus irmãos, é como se a tivesse feito para o próprio Profeta.

O Profeta Issa tinha um sentido de caridade e justiça extraordinários, similares a justiça social ensinada e praticada pelo Profeta Muhammad. 



Nota de rodapé:

[1] Sahih Al-Bukhari

[2] Allah o criou através de Sua ordem: Seja!

[3] Ibid

[4] Jesus foi criado pela palavra de Allah: Seja! Ele nunca foi a palavra em si. Allah descreve isso como "um espírito ou alma d'Ele" para dar-Lhe um sentido de honra. Em outras palavras, descrever Jesus como o espírito de Allah é apenas uma maneira de falar.

[5] Ibid

Teste e Navegação Rápida
Ferramentas da Lição
RuimÓtimo  Avalie
| More
Deixe-nos sua Opinião ou Pergunta

Além disso, você poderá perguntar através do chat ao vivo disponível aqui.