Linguagens

Níveis

Ajuda ao Vivo Através do Chat

 

Sobre este Site

Bem-vindo ao site eLearning da New Muslims. Este site é para muçulmanos recém-convertidos que desejam aprender sua nova religião de uma maneira fácil e sistemática. As aulas estão organizadas em níveis. Então, primeiro vá para a lição 1 do nível 1. Estude-a e depois faça o seu teste. Quando for aprovado, vá para a lição 2 e assim por diante. Felicidades.

Comece Aqui

É altamente recomendável registrar-se para que suas notas e progresso sejam salvos.  Então, primeiro registre-se aqui, depois comece com a lição 1 no nível 1 e daí em diante passe para a próxima lição. Estude ao seu gosto. Cada vez que retornar a este site, clique no botão “Leve-me onde estava” (disponível apenas para usuários registrados).

 A oração de sexta-feira (parte 1 de 2)

Descrição: O que um muçulmano precisa saber sobre a oração da sexta-feira - a oração semanal mais importante para os muçulmanos.

Por Imam Mufti (© 2012 NewMuslims.com)

Publicado em 12 Dec 2019 - Última modificação em 25 Jun 2019

Impresso: 2 - Enviado por E-mail: 0 - Vizualizado: 386 (média diária: 1)

Categoria: Lições > Atos de Adoração > As Orações


Objetivos:

·       Entender como se desenvolve a oração de sexta-feira e quem tem a obrigação de assistir. 

·       Compreender a sabedoria por trás da oração de sexta-feira.

·       Estudar as virtudes da oração de sexta-feira.

Termos em árabe:

·       Salat ul-Jumuah - Oração de sexta-feira.

·       Dhuhr - Oração do meio-dia.

·       Khutbah - Sermão.

·       Khatib - Pessoa responsável pelo sermão.

·       Rakah - Unidade de oração.

·       Imam - Pessoa que dirige a oração.

·       Adhan - A maneira islâmica de chamar os muçulmanos a realizar as cinco orações. 

FridayPrayer1.jpgÀs sextas-feiras, o Dhuhr (oração do meio dia) é substituído com o que se conhece como Salat ul-Jumuah. Que consiste em um sermão curto seguido de uma oração em congregação. A oração de sexta-feira não pode ser feita de forma individual. Por isso, os muçulmanos se reúnem em uma mesquita central para orar e escutar o sermão, conhecido como khutbah em árabe. É comum que o Imam (quem dirige a oração) faça o khutbah, porém às vezes também pode ser feito por algum convidado ou membro da comunidade.

No ocidente, na maioria das vezes, os sermões se dão no idioma do país de residência, porém, em ocasiões se realiza em árabe; em qualquer dos casos, pelo menos uma parte do sermão deve ser feita em árabe. O sermão é feito em duas partes, depois que acaba a primeira parte o khatib (a pessoa que dirige o sermão) faz um pequeno descanso, se senta e logo continua. Grande parte da qualidade do sermão depende do orador, que pode ser uma pessoa muito estudada no islam ou uma pessoa comum. O orador exaltará a Allah e logo falará sobre assuntos relevantes para a comunidade dos muçulmanos. Depois, o Imam liderará a congregação em uma oração curta de dois rakahs. A oração do Jumuah, (o sermão e a oração) usualmente dura uma hora ou menos. 

Os homens devem orar a Salat ul-Jumuah

A oração de sexta-feira é obrigatória para todos os homens muçulmanos, isso é baseado no que Allah disse no Alcorão:   

“Ó crentes, quando fordes convocados para a oração de sexta-feira, recorrei a recordação de Allah e abandonai vossos negócios; isto é preferível, se quizeis saber.” (Alcorão 62:9)

O Profeta Muhammad estabeleceu muito claramente sobre quem tem a obrigação de orar a Salatul-Jumuah e quem está isento:

“A oração de sexta-feira em congregação é uma obrigação de todo muçulmano, exceto: o escravo, a mulher, as crianças e as pessoas enfermas.”[1]

      Para ser preciso, a oração de sexta-feira deve ser realizada por todo homem que alcançou a puberdade. Outros podem assistir, porém não cometem pecado se não o faz. 

Adicionalmente, o Profeta Muhammad advertiu severamente aqueles que (tendo a obrigação) não assistem a oração de sexta-feira, e disse: 

“As pessoas não devem faltar à oração de sexta-feira, de modo que Allah colocará um selo em seus corações e estarão entre os perdidos."[2]

O homem muçulmano que esteja enfermo, ou em viagem pode faltar a oração de sexta-feira. A mulher muçulmana não tem obrigação de assistir a oração, porém se ela deseja fazer, pode ir, já que a maioria das mesquitas tem uma área exclusiva para as mulheres. Cabe ressaltar que as mulheres podem decidir se irão a mesquita assistir a Salat ul-Jumuah , se não forem, devem realizar a oração do Dhuhr em suas casas.

A sabedoria por trás da oração de sexta-feira

1.    A oração de sexta-feira reúne os muçulmanos da localidade em um local e tempo determinados. Dessa forma se fortalecem os laços de irmandade entre eles.

2.    O propósito do khutbah (sermão) é educar os muçulmanos e ser uma recordação semanal sobre as obrigações que temos com Allah e os demais seres humanos. Adverte-nos contra o pecado e a desobediência a Allah e nos incentiva a obedecê-Lo e ser pessoas melhores.

3.   Os temas são variados e frequentemente informa aos muçulmanos sobre assuntos da atualidade e como muçulmanos, qual é o nosso papel.

Virtudes da sexta-feira

A sexta-feira é um dia virtuoso com muitas qualidades especiais:

1.    O profeta Muhammad disse:

“Na sexta-feira os anjos param na entrada da mesquita e escrevem os nomes das pessoas que estão chegando, de acordo com a ordem de chegada. A recompensa daquele que entra na mesquita mais cedo é como aquele que oferece um camelo (em sacrifício). A recompensa de quem chega depois, é como quem oferece uma vaca e logo como aquele que oferece um carneiro, e logo como aquele que oferece uma galinha e logo quem oferece um ovo, respectivamente. Quando o Imam sai, (para a oração de sexta-feira) eles, (os anjos), encerram seus registros e escutam o Khutbah.” [3]

Essa narração mostra a recompensa por chegar cedo à mesquita. Quanto mais cedo a pessoa chegar, maior será sua recompensa. O primeiro que chegar ganhará uma recompensa equivalente a ter sacrificado um camelo por Allah, porém quem chegar tarde receberá menor recompensa. 

2.    Ele disse também:

“O melhor dia no qual o sol se levanta é a sexta-feira. Nele foi criado Adão, nele foi admitido no Paraíso e nele foi expulso. E a hora será estabelecida na sexta-feira." [4]

O propósito dessa narração é explicarmos os eventos magníficos que ocorreram e irão ocorrer no dia da sexta-feira. 



Notas de rodapé:

[1] Abu Dawud

[2] Sahih Muslim

[3] Sahih Al-Bukhari

[4] Sahih Muslim

Teste e Navegação Rápida
Ferramentas da Lição
RuimÓtimo  Avalie
| More
Deixe-nos sua Opinião ou Pergunta

Além disso, você poderá perguntar através do chat ao vivo disponível aqui.