Linguagens

Níveis

Ajuda ao Vivo Através do Chat

 

Sobre este Site

Bem-vindo ao site eLearning da New Muslims. Este site é para muçulmanos recém-convertidos que desejam aprender sua nova religião de uma maneira fácil e sistemática. As aulas estão organizadas em níveis. Então, primeiro vá para a lição 1 do nível 1. Estude-a e depois faça o seu teste. Quando for aprovado, vá para a lição 2 e assim por diante. Felicidades.

Comece Aqui

É altamente recomendável registrar-se para que suas notas e progresso sejam salvos.  Então, primeiro registre-se aqui, depois comece com a lição 1 no nível 1 e daí em diante passe para a próxima lição. Estude ao seu gosto. Cada vez que retornar a este site, clique no botão “Leve-me onde estava” (disponível apenas para usuários registrados).

Os benefícios espirituais da oração

Descrição: Tirar um tempo da rotina diária para parar e rezar é uma ordem de Allah, mas será que isso também nos traz benefícios espirituais?

Por Imam Mufti

Publicado em 12 Dec 2019 - Última modificação em 25 Jun 2019

Impresso: 2 - Enviado por E-mail: 0 - Vizualizado: 393 (média diária: 1)

Categoria: Lições > Incrementar a Fé > Purificação da Alma

Categoria: Lições > Virtudes do Islam > Benefícios de ser Muçulmano


Objetivos

·       Compreender que a oração é uma forma de recordar de Allah e de aumentar a consciência da Sua presença.

·       Compreender a relação entre a oração e o arrependimento, a oração e a disciplina, e a oração e a humildade.

Termos em árabe

·       Salah - A palavra árabe para indicar uma ligação direta entre o servo e Allah. Mais especificamente, no Islam refere-se às cinco orações diárias formais e é o mais importante ato de adoração.

·       Taqwa - Temor a Allah, piedade, consciência de Deus. Descreve um estado de  consciência de Allah em tudo o que indivíduo faz.

·       Imam - A pessoa que conduz a oração.

A lembrança de Allah

Quase todas as pessoas no mundo moderno estão envolvidas em alguma atividade básica mundana, como ganhar o sustento, estudar, comer, dormir, ou socializar. Naturalmente, esquecemos-nos de Allah e das obrigações que Lhe devemos. Quando nos esquecemos de Allah, esta vida e suas preocupações tornam-se a principal ocupação da mente humana. Os desejos se intensificam. A pessoa começa a "perseguir a sua sombra", algo que nunca alcançará. Para muitos, o dinheiro torna-se o único objetivo da vida. Quanto mais ganha, mais gasta, e mais deseja.

Allah estabeleceu momentos para quebrar com a rotina diária por uns minutos, e adorá-Lo: a primeira coisa pela manhã antes de iniciarmos o nosso dia; depois, ao meio dia, ao meio da tarde, ao anoitecer,e durante a noite antes de dormirmos. Quando é feita apropriadamente e com concentração, desperta e estimula a alma. O muçulmano lembra a si mesmo que Allah está a cargo de tudo, que ele é um servo devoto de Allah, e o prazer de Allah é o seu objetivo. Por alguns minutos, cinco vezes ao dia, o muçulmano deixa este mundo e encontra-se com o seu Senhor:

“...e cumpre a oração em lembrança de Mim.” (Alcorão 20:14)

Taqwa (estar consciente de Deus)

As orações (salah) fazem com que a pessoa seja consciente da presença divina. Quando uma pessoa reza cinco vezes por dia, ela acostuma-se a sentir a presença divina e desenvolve o sentido de que Allah lhe observa todo o tempo e que nunca está oculta de Allah, mesmo quando está sozinha.  Uma sensação da presença divina mantém o coração suspenso entre o temor e a esperança. O temor a Allah mantém o muçulmano longe do ilícito e o encoraja a cumprir com o obrigatório; uma mistura de amor divino e adoração devota que o mantém cumpridor dos preceitos religiosos. A realização regular das orações aumenta a nossa consciência da presença de Allah.

Buscando o perdão

Errar é humano, e até mesmo o mais piedoso dos muçulmanos peca e necessita se arrepender.  Todos nós precisamos buscar constantemente o perdão de Allah e tentar o nosso melhor para não repetir os erros. Sem um contato regular com Allah, é pouco provável que uma pessoa sinta culpa pelos pecados e se arrependa. Ás vezes, se uma pessoa não pede a Allah que a perdoe por um longo tempo, pode se tornar indiferente ao pecado e pode até mesmo esquecer-se de que caiu nele, pelo que nem sequer chega a pedir perdão. Certas súplicas nas orações regulares (salah) recordam o muçulmano dos seus pecados e o levam a pedir perdão por eles. Isto por sua vez, faz com que o muçulmano se sinta culpado por seus pecados e o leva a buscar o arrependimento logo que os comete. Um muçulmano aprende a constantemente buscar perdão pelos seus pecados e nunca se sente demasiado distante do seu amável Senhor. A oração coloca o homem diretamente perante Allah buscando perdão pelos seus erros.  

A oração em si é uma forma de apagar os pecados, pelo menos os menores[1].

O Mensageiro de Allah (que a misericórdia e as bênçãos de Allah estejam com ele) perguntou:

“'O que é que pensariam se passasse um rio pela porta de qualquer um de vós e esse indivíduo se lavasse no rio cinco vezes ao dia, restaria algum rastro de sujidade nele?

Eles (os seus companheiros) disseram: 'Não restaria nele nenhum rastro de sujidade.'

O Profeta disse: 'Este é o caso das cinco orações diárias, através das quais Allah apaga o pecado.'" (Sahih Al-Bukhari, Sahih Muslim)

Controle e disciplina

A oração tem a capacidade de estimular uma mudança para melhor na vida das pessoas. O fato de que deixarmos o que estamos fazendo e nos alinharmos atrás de um líder (chamado Imam) cinco vezes por dia na mesquita, ou então encontramos um lugar para rezar no trabalho ou na escola por nós mesmos, incute disciplina nas nossas vidas. As pessoas juntam-se ao exército para aprenderem a ser disciplinadas e todo mundo admira isso. De uma forma semelhante, a oração nos treina a fazer movimentos específicos e a pronunciar palavras específicas em momentos específicos. Todas as partes do corpo estão sob controlo, em obediência e adoração a Allah; e se essa disciplina for interrompida, é possível que haja a necessidade de repetir a oração. 

O Islam reconhece que todos nós somos diferentes, por isso permite flexibilidade em muitos casos. O líder da oração (Imam) deve mantê-la breve. As mulheres não têm a obrigação de rezarem na mesquita. Uma pessoa doente pode rezar sentada, e se não puder se sentar pode até mesmo rezar deitada. A disciplina que é adquirida na oração pode ser aplicada em outros aspetos da vida religiosa e também mundana. Assim como não devemos desviar o olhar enquanto rezamos, também devemos controlar  os nossos olhos fora da oração para não olhar para coisas proibidas. Assim como usamos a nossa língua para louvar a Allah, fora das orações formais devemos evitar a fofoca e a mentira. Assim como as nossas mãos e os nossos pés executam movimentos específicos, fora das orações devemos evitar usá-los para roubar, comprar ou comer aquilo que é proibido. Não devemos caminhar para o proibido, mas sim afastarmo-nos dele. Esta é a essência sobre a qual Allah nos diz:

“Por certo, a oração coíbe a obscenidade e o reprovável.” (Alcorão 29:45)

A calma e a serenidade provenientes da concentração nas orações

Um elemento muito importante da oração é a calma e a serenidade juntamente com a humildade alcançada por uma profunda concentração. Allah diz no Alcorão:

“Com efeito, bem-aventurados os crentes, que são humildes em suas orações...” (Alcorão 23:1-2)

O propósito da oração não é apenas cumprir com um ritual vazio. Para que a oração seja aceita, deve ser feita com devoção. Aprenda o significado dos termos árabes usados na oração, concentre-se nesses significados e nas partes do Alcorão que esteja você recitando. Saiba que Allah responde às orações e está a escutar. Foque o seu olhar no ponto da prostração, ou então feche os seus olhos se algo nas proximidades causar a sua distração. Ao concentrar-se nas palavras pronunciadas nas diferentes posturas da oração, ao aumentar a consciência de que está em frente a Allah, escolhendo um lugar confortável e limpo, livre de distrações, um indivíduo pode aumentar a sua concentração na oração. Haverá sempre formas de melhorá-la. Remova o véu da sua mente e foque-se nas bênçãos de Allah na sua vida, sinta a sua insignificância em frente do Criador Magnífico, sinta-se culpado pelos seus pecados. Isso o ajudará a reduzir a tensão, as preocupações e a ansiedade. Há um limite para o que o nosso corpo e a nossa mente conseguem suportar. A oração é relaxante e ajuda a recuperar o sentido da vida, é um remédio para a alma. Porém, para que a oração alcance esse grau de concentração é necessário paciência, prática, e pedir pela ajuda de Allah. As posições da oração são importantes, por exemplo na prostração, o crente está mais perto possível de Allah, e portanto ele deve sentir essa proximidade e suplicar ainda mais.

Alcançar um alto grau de concentração e humildade na oração exige um trabalho e esforço constantes. Haverão aflições, porém o indivíduo nunca deve abandonar as suas orações (salah).  Lembre-se! A oração conecta-nos  com o Criador. Não se trata de rezar apenas quando sente que funciona e que é fácil. Frequentemente, um novo muçulmano está cheio de entusiasmo por ter aceito o Islam, lendo muito, escutando a sermões, navegando na internet falando com os amigos, porém depois de algum tempo esgota-se. É neste momento crítico que o verdadeiro teste começa, o indivíduo sente-se fraco na fé e torna-se difícil rezar. Aceite bons conselhos nesses momentos e continue a rezar.



Notas de rodapé:

[1] Os pecados não têm o mesmo valor, alguns são maiores que outros. Allah diz no Alcorão:

Se evitardes os grandes pecados, que vos estão proibidos, absorver-vos-emos das vossas faltas…” (Alcorão 4:31)

Ferramentas da Lição
RuimÓtimo  Avalie
| More
Deixe-nos sua Opinião ou Pergunta

Além disso, você poderá perguntar através do chat ao vivo disponível aqui.