Linguagens

Níveis

Ajuda ao Vivo Através do Chat

 

Sobre este Site

Bem-vindo ao site eLearning da New Muslims. Este site é para muçulmanos recém-convertidos que desejam aprender sua nova religião de uma maneira fácil e sistemática. As aulas estão organizadas em níveis. Então, primeiro vá para a lição 1 do nível 1. Estude-a e depois faça o seu teste. Quando for aprovado, vá para a lição 2 e assim por diante. Felicidades.

Comece Aqui

É altamente recomendável registrar-se para que suas notas e progresso sejam salvos.  Então, primeiro registre-se aqui, depois comece com a lição 1 no nível 1 e daí em diante passe para a próxima lição. Estude ao seu gosto. Cada vez que retornar a este site, clique no botão “Leve-me onde estava” (disponível apenas para usuários registrados).

Shirk e seus tipos (parte 3 de 3)

Descrição: A postura islâmica no que diz respeito à associação de outras divindades a Allah e à atribuição de certos aspectos a outros que são exclusivos e únicos para Ele. Parte 3: a definição de shirk menor, formas de shirk menor e diferenças entre shirk maior e menor.

Por Imam Mufti

Publicado em 06 Dec 2019 - Última modificação em 25 Jun 2019

Impresso: 3 - Enviado por E-mail: 0 - Vizualizado: 395 (média diária: 1)

Categoria: Lições > Crenças Islâmicas > Unicidade de Deus (Tawhid)


Pré-requisitos

·       A crença em Allah (2 partes).

Objetivos

·       Aprender a definição de shirk menor

·       Aprender exemplos comuns de shirk menor.

o   Amuletos e talismãs

o   Fazer juramento em nome de outro que não seja Allah

o   Exibicionismo

·       Aprender o significado e a gravidade da riya.

·       Aprender como a  riya afeta a adoração.

·       Aprender como proteger-se da riya.

·       Aprender cinco diferenças entre shirk maior e menor

Termos em árabe

·       Shirk - Palavra que implica associar parceiros a Allah, ou atribuir atributos divinos a outros que não seja Allah, ou acreditar que a fonte de poder, dano e bênçãos vêm de qualquer outro além de Allah.

·       Sunnah - A palavra Sunnah tem vários significados segundo a área de estudo; contudo o significado que geralmente se lhe atribui é: palavras, ações e aprovações do Profeta.

·       Ummah - Refere-se a toda comunidade muçulmana, a despeito de raça, cor, idioma ou nacionalidade.

·       Riya – Vem da palavra ra'aa, que significa ver, observar, dar uma olhada. Consequentemente, a palavra riya significa exibir, hipocrisia e dissimulação. Islamicamente, riya significa realizar atos que agradam a Allah, mas com o propósito e a intenção de agradar outros além d'Ele.

Definição de shirk menor

Shirk menor é o que especificamente tem sido chamado de shirk no Alcorão e na Sunnah, mas que não chega ao nível de shirk maior. O shirk menor também leva ao shirk maior. Alguns sábios disseram que o shirk menor é tão amplo que é difícil defini-lo precisamente. Os exemplos mais importantes de shirk menor são:

Amuletos e talismãs

Usar encantos, talismãs e amuletos para proteção contra o mau-olhado, azar e coisas do tipo, achando que Allah colocou neles esses poderes constituem shirk menor. Isto é discutido mais detalhadamente  aqui.

Fazer um juramento em nome de outro que não seja Allah

Fazer juramento, ou promessa, em nome de alguém que não seja Allah é um tipo e shirk menor, dado que a pessoa não tem a intenção de venerar àquele em cujo nome o juramento está sendo feito, caso contrário torna-se shirk maior. O Mensageiro de Allah, que a misericórdia e bênçãos de Allah estejam sobre ele, disse:

“Quem faz um juramento em nome de outro que não seja Allah comete descrença ou shirk.”[1]

Riya (exibicionismo)

O Mensageiro de Allah disse:

“A coisa que eu mais tenho medo é o shirk menor.”

Disseram: "Ó Mensageiro de Allah, o que é shirk? menor?”  Ele disse:

Riya (exibicionismo), pois Allah dirá no Dia quando as pessoas são recompensadas por suas ações: 'Vá para aqueles para quem você estava exibindo suas ações no mundo, e veja qual recompensa achará com eles.’” (Ahmad)

Riya é fazer uma adoração para ser visto e elogiado pelas pessoas. Ela anula a ação; a pessoa ganha pecado ao invés de recompensa de Allah, e isso a expõe à punição.

Por natureza, os seres humanos gostam de ser louvados, não gostam de críticas e não gostam de ser vistos de maneira alguma imperfeitos. O Islam vê na prática de atos religiosos para impressionar os outros, em vez de agradar a Allah - o que deveria ter sido feito para Allah é feito para as pessoas - como shirk. O Mensageiro de Allah disse:

“Allah (Glorificado e Exaltado seja) disse: Eu sou tão autossuficiente que não preciso de parceiro. Assim, aquele que fizer uma ação pelo bem de outro alguém, assim como o Meu, terá aquela ação rejeitada por Mim àquele a quem Me associou.’” (Sahih Muslim)

Existe uma boa chance de um crente cair em riya porque isso está escondido, está no coração, polui a intenção, e a pessoa tem que ser extremamente vigilante para corrigi-la. Ibn Abbas, um dos companheiros do Profeta, disse: 

“O Shirk na nação muçulmana está mais camuflado do que uma formiga preta rastejando em uma pedra preta no meio de uma noite sem lua.”[2]

A intenção é uma questão simples, mas às vezes mudá-la pode ser difícil. Uma pessoa tem que ouvir seu coração e ver o que motiva uma determinada ação. Um muçulmano deve observar cuidadosamente sua intenção para mantê-la pura sempre que realizar uma boa ação como o salah (oração ritual), dar caridade, jejum, servir seus pais ou até sorrir. Talvez seja por isso que dizer o nome de Allah tenha sido prescrito antes de todos os atos de importância na vida cotidiana - comer, beber, dormir, ir ao banheiro, acordar. Lembrar de Allah mantém o coração consciente de Allah e a intenção pura.

Vamos entender como a riya pode afetar a adoração em exemplos claros:

(a)  Digamos que o motivo primário quando você levanta para rezar é para que as pessoas te vejam ou notem que você está rezando, querendo ser elogiado. Isso invalida o ato de adoração.

(b)  Digamos que você tenha começado a rezar com sinceridade, sua intenção era rezar para Allah, mas aí você começou a pensar sobre agradar as pessoas e, lentamente sua intenção mudou. Você faz uma das duas coisas. Se resistir à tentação de ser notado, isso não terá efeito algum sobre você, porque o Profeta, que a misericórdia e as bênçãos de Allah estejam sobre ele, disse: "Allah perdoou minha ummah por aquilo que lhes cruza a mente, desde que eles não ajam ou falem sobre isso." Mas, se você não fizer nada e não resistir à tentação de fazer o ato de adoração para ser visto ou notado, e ao contrário você começar a embelezar seu salah (oração ritual) para ser visto, todo o ato de adoração pode se tornar inválido.

(c)  Elogios imprevisíveis não são prejudicais. O Profeta foi perguntado a respeito e disse: "Essas são as primeiras boas novas do crente." Não é exibição se a pessoa se sente feliz por ter feito um ato de adoração, na verdade é um sinal da sua fé. O Profeta, que a misericórdia e a bênçãos de Allah estejam sobre ele, disse:

“Aquele que se sente feliz por causa de suas boas ações e triste por causa de suas más ações, este é o verdadeiro crente.”

O Profeta nos forneceu palavras de proteção contra esse shirk imperceptível que pode ser dito a qualquer hora do dia. Um dia o Profeta proferiu um sermão dizendo,

‘Ó povo, temam o 'shirk', pois é mais oculto do que o rastejar de uma formiga.' (At-Tabarani)

Aqueles a quem Allah desejou perguntaram: 'E como evitamos quando está mais escondido do que o rastejar de uma formiga, ó Mensageiro de Allah?' Ele respondeu: “Digam,

Allah-humma inna na-udthu-bika an nush-rika bika shay-ann naa-lamu, wa nas-tagh-fi-ruka limaa laa naa-lam.

‘Ó Allah buscamos em Ti refúgio de cometermos shirk conscientemente contra Ti, e buscamos perdão por aquilo que fazemos inconscientemente.’”[3]

Diferenças entre shirk maior e shirk menor

(1)  Possuem definições diferentes.

(2)  O shirk maior tira a pessoa do Islam, enquanto o shikr menor não tira, mas reduz a crença da pessoa em Allah.

(3)  A pessoa que morre cometendo shirk maior ficará no inferno pela eternidade; não é esse o caso de alguém que comete shirk menor.

(4)  O shirk maior apaga e anula todas as boas ações, enquanto o shirk menor apenas arruína os atos que motivam ou fazem parte.

(5)  Allah não perdoa o shirk maior, a não ser através do arrependimento feito antes da morte, enquanto o shirk menor cabe a Allah perdoar ou castigar.



Notas de Rodapé:

[1] Ahmad, Abu Dawud, Al-Tirmidhi, Nasai, e Hakim.

[2] Ibn Abi Hatim

[3] Ahmad

Teste e Navegação Rápida
Ferramentas da Lição
RuimÓtimo  Avalie
| More
Deixe-nos sua Opinião ou Pergunta

Além disso, você poderá perguntar através do chat ao vivo disponível aqui.