Linguagens

Níveis

Ajuda ao Vivo Através do Chat

 

Sobre este Site

Bem-vindo ao site eLearning da New Muslims. Este site é para muçulmanos recém-convertidos que desejam aprender sua nova religião de uma maneira fácil e sistemática. As aulas estão organizadas em níveis. Então, primeiro vá para a lição 1 do nível 1. Estude-a e depois faça o seu teste. Quando for aprovado, vá para a lição 2 e assim por diante. Felicidades.

Comece Aqui

É altamente recomendável registrar-se para que suas notas e progresso sejam salvos.  Então, primeiro registre-se aqui, depois comece com a lição 1 no nível 1 e daí em diante passe para a próxima lição. Estude ao seu gosto. Cada vez que retornar a este site, clique no botão “Leve-me onde estava” (disponível apenas para usuários registrados).

Profeta Adão: O Início da Humanidade (parte 2 de 2)

Descrição: Uma lição de duas partes sobre a criação de Adão e os eventos que se seguiram. A parte 2 discute os eventos que levaram à sua expulsão do Paraíso.

Por Imam Mufti (© 2016 NewMuslims.com)

Publicado em 14 Jan 2020 - Última modificação em 25 Jun 2019

Impresso: 10 - Enviado por E-mail: 0 - Vizualizado: 409 (média diária: 1)

Categoria: Lições > Crenças Islâmicas > A Vida de outros Profetas


Objetivos

·       Aprender sobre a esposa e filhos de Adão.

·       Aprender sobre a ordem de Allah a Satanás para que se prostrasse ante Adão.

·       Aprender que Adão e Eva foram perdoados e ninguém carrega os pecados dos outros.

·       Entender a decisão de Satanás de desviar a humanidade, e que é preciso permanecer consciente disso.

Termos em árabe

·       Iblis - O nome de Satanás em árabe.

·       Jinn - Uma criação de Allah que foi criada antes da humanidade a partir de chamas sem fumaça. São referidos às vezes como seres espirituais, banshees, poltergeists, fantasmas e assim por diante.   

·       Taqwa - Pavor ou temor de Allah, piedade, consciência de Deus. Descreve um estado de consciência de Allah em tudo que se faz.

A esposa de Adão

Logo depois de criar Adão, Allah criou sua esposa, Hawwa ou Eva. A partir deles, Allah formou todos os seres humanos. (Alcorão 49:13). Hawwa foi criada da costela de Adão. O Profeta, que a misericórdia e as bênçãos de Allah estejam sobre ele, disse. "Cuide bem das mulheres, porque a (primeira) mulher foi criada de uma costela curvada (de Adão), e a parte mais curvada de uma costela é sua extremidade superior. Se você insistir em endireitá-la, você a quebrará e, se a deixar, ele permanecerá torta. Então, cuide bem das mulheres." (Bukhari)

Os filhos de Adão

Depois de criar Adão, Allah extraiu todos os seus descendentes a partir da sua coluna vertebral (Alcorão 7:172). O Profeta disse, "Quando Allah criou Adão, Ele limpou suas costas, derrubando dela cada pessoa de sua descendência que criaria até o Dia da Ressureição."[1]

Allah ordena que os Anjos se prostrem ante Adão

Allah ordenou que os anjos se prostrassem ante Adão depois de soprar nele a vida. Allah disse-lhes:

“E, quando o houver formado e, nele, houver soprado algo de Meu espírito, então, caí prosternados, diante dele." (Alcorão 15:29, 38:72)

Depois de dar vida a Adão, Allah proferiu a ordem aos anjos que se prostrassem ante Adão:

“(E quando dissemos aos anjos: 'Prosternai-vos diante de Adão.'" (Alcorão 2:34, 17:61, 18:50, 20:116)

Quando Allah ordenou-lhes que se prostrassem ante Adão, Satanás (ou Iblis em árabe) estava entre eles. Os anjos imediatamente se prostraram, mas Iblis recusou-se (Alcorão 2:34, 20: 116, 15: 30-31). Seu primeiro pecado foi desobedecer à ordem de prostração de Allah. Iblis nunca foi um anjo (Alcorão 18:50); ele era um gênio, mas vivia entre os anjos. Em vez de mostrar remorso e se arrepender por seu comportamento, Allah diz:

“E quando dissemos aos anjos: 'Prosternai-vos diante de Adão'; então, eles prosternaram-se, exceto Iblis. Ele recusou fazê-lo, e se ensoberbeceu e foi dos infiéis.” (Alcorão 2:34)

Allah deu-lhe a chance de arrepender-se; no entanto, Iblis aprofundou-se na desobediência e rebelião. Para justificar sua arrogância, Satanás disse que era melhor que Adão porque o fogo é melhor que o barro.

Allah, como punição, o expulsou do Paraíso.

Iblis reconheceu que merecia punição imediata por sua total descrença e desobediência, mas pediu que ela fosse adiada até o Dia do Julgamento. Allah concedeu-lhe devido uma grande sabedoria.

Iblis anunciou seu plano maligno de enganar a humanidade. Orgulhosamente ele disse a Allah:

“Satã (Iblis) disse: 'Então, pelo mal a que me condenaste, ficarei, em verdade, à espreita deles, em Tua senda reta. Em seguida, achegar-me-ei a eles, por diante e por detrás deles, e pela direita deles e pela esquerda deles, e não encontraras a maioria deles agradecida.’” (Alcorão 7:16-17)

Iblis culpou Allah por sua desgraça, mesmo que Ele não tenha o tirado o livre arbítrio. A sabedoria de Allah ditou que Iblis fosse a "máquina" de julgamento para os seres humanos, e ele recebeu poderes extraordinários sobre os mesmos, mas a limitação é que ele não será capaz de subjugar os verdadeiros servos de Allah. 

Allah disse: "Sai dele como execrado, banido. Dos que, dentre eles, te seguirem, encherei a Geena, de todos vos."  (Alcorão 7:18)

Adão e Hawwa no Paraíso

Allah deixou Adão e Eva habitarem no Paraíso, a melhor residência. Deu-lhes permissão para desfrutar de suas recompensas sem restrições. No entanto, Allah os proibiu de comer uma fruta específica:

“E dissemos: 'Ó Adão! Habita, tu e tua mulher, o Paraíso, e dele comei, fartamente, onde quiserdes, e não vos aproximeis desta árvore, pois seríeis dos injustos.’” (Alcorão 2:35)

Logo depois que Adam e Hawwa começaram a viver no Paraíso, Satanás desencadeou seu ardiloso engano sobre eles. Os dois eram inocentes e não sabiam mentir e enganar. Ele fez um falso juramento por Allah e usou a inocência deles em proveito próprio. Satanás sugeriu que eles poderiam ser como os anjos ou viver eternamente no Paraíso. Adam e Hawwa foram tomados pelo desejo e caíram no seu truque, e comeram da árvore proibida. Assim que o fizeram, suas partes íntimas ficaram expostas (Alcorão 2:36). Um resultado imediato da desobediência é a remoção das roupas espirituais de taqwa; portanto, eles foram punidos pela perda das roupas físicas que cobriam suas partes íntimas.

Eles foram punidos perdendo as roupas físicas que cobriam suas partes íntimas.

Satanás primeiro tentou Hawwa e depois ela convenceu Adão a comer da árvore proibida (com base no relato de Bukhari e Muslim).

Depois que Satanás seduziu o casal a desobedecer a Allah, eles foram expulsos do Paraíso para viver na Terra, a serem seguidos pela morte e ressurreição.

Assim que Adam e Hawwa perceberam a gravidade de seus pecados, eles se arrependeram e queriam se arrepender a Allah. A atitude deles em relação ao pecado era completamente diferente da de Satanás. Ele culpou seu Senhor por sua desobediência e se recusou a mostrar remorso ou arrependimento.

Allah lhes mostrou o caminho do arrependimento, ensinando-lhes palavras específicas para expressá-lo. As palavras ditas por Adão e sua esposa foram:

“Disseram: 'Senhor nosso! Fomos injustos com nos mesmos e, se não nos perdoares e não tiveres misericórdia de nós, estaremos, em verdade, dentre os perdedores.'” (Alcorão 7:23)

         A melhor maneira de se arrepender é reconhecer o pecado e a transgressão. Foi assim que Allah ensinou Adão e Hawwa a expressarem seu arrependimento.

         Allah aceitou seus arrependimentos e disse-lhes que os humanos deveriam residir na Terra. Somente aqueles que agirem com retidão serão permitidos no Paraíso.



Notas de Rodapé:

[1] Tirmidhi

Ferramentas da Lição
RuimÓtimo  Avalie
| More
Deixe-nos sua Opinião ou Pergunta

Além disso, você poderá perguntar através do chat ao vivo disponível aqui.