Linguagens

Níveis

Ajuda ao Vivo Através do Chat

 

Sobre este Site

Bem-vindo ao site eLearning da New Muslims. Este site é para muçulmanos recém-convertidos que desejam aprender sua nova religião de uma maneira fácil e sistemática. As aulas estão organizadas em níveis. Então, primeiro vá para a lição 1 do nível 1. Estude-a e depois faça o seu teste. Quando for aprovado, vá para a lição 2 e assim por diante. Felicidades.

Comece Aqui

É altamente recomendável registrar-se para que suas notas e progresso sejam salvos.  Então, primeiro registre-se aqui, depois comece com a lição 1 no nível 1 e daí em diante passe para a próxima lição. Estude ao seu gosto. Cada vez que retornar a este site, clique no botão “Leve-me onde estava” (disponível apenas para usuários registrados).

Ramadan: as últimas dez noites

Descrição: A importância das últimas dez últimas noites do Ramadán e sugestões de como aumentar e maximizar sua adoração nestas noites especiais.

Por Aisha Stacey (© 2013 IslamReligion.com)

Publicado em 30 Dec 2019 - Última modificação em 20 Aug 2017

Impresso: 3 - Enviado por E-mail: 0 - Vizualizado: 281 (média diária: 1)

Categoria: Lições > Atos de Adoração > O Jejum


Objetivo:

·       Oferecer ideias e métodos para aproveitar o máximo das últimas dez noites do Ramadan.

Termos em árabe:

·       Du'a - Súplica, rogo, pedir para Allah.

·       Itikaf  - Prática de reclusão na mesquita com a intenção de aproximar-se de Allah.

·       Lailat ul-Qadr - Uma noite abençoada que cai nas dez últimas noites ímpares no mês do Ramadan, o mês do jejum.

·       Ramadan - Nono mês do calendário lunar Islâmico. É o mês em que foi prescrito o jejum obrigatório.

·       Tarawih - São orações especiais realizadas no Ramadan depois da oração do Isha e nelas é recitado muito o Alcorão

Last10Nights.jpgRamadan é um mês de jejum, leitura do Alcorão, e orações extras, é o mês de boas ações e generosidade. As últimas dez noites do Ramadan são particularmente especiais. O Profeta Muhammad aproveitava essas noites para se esforçar na adoração e na generosidade. A primeira destas noites ocorre na véspera do 21.º dia do Ramadan. Em outras palavras, é a noite que começa após a conclusão do 20.º dia de jejum.

O Profeta Muhammad se esforçava para realizar mais atos de adoração durante os últimos dez dias do Ramadan, mais do que faria em qualquer outro momento do mês.[1] Como muçulmanos, nos esforçamos para sermos iguais ao Profeta Muhammad de todas as formas possíveis, esse é um momento para nos auto-questionar sobre o que podemos fazer para aproveitar ao máximo as noites especiais que se avizinham.

Participar do tarawih

Uma das partes mais bonitas e especiais do Ramadan é a oportunidade de participar das orações do tarawih. Elas são realizadas durante todo o mês. Faz com que a pessoa se sinta parte da próspera comunidade muçulmana e é uma oportunidade para concentrar-se na recitação do Alcorão e nas palavras de Allah. Se você ainda não participou do tarawih ou não se doou de coração e alma nessas orações, então as últimas dez noites do Ramadan são uma grande oportunidade para aumentar a sua adoração. Embora a maioria das mesquitas realize as orações tarawih após a oração do Isha, você também encontrará algumas que oferecem a oportunidade de realizar mais orações voluntárias em congregação mais tarde, à noite. Se você for capaz de assistir essas orações extras oferecidas geralmente depois da meia-noite, porém antes da oração do amanhecer, encontrará muitos benefícios, incluindo a aproximação especial de Allah, que só pode ser experimentada na última parte da noite. “Nosso Senhor desce todas as noites, no último terço da noite, e diz: 'Quem Me invoca para que Eu possa atendê-lo? Quem Me pede para que Eu possa respondê-lo? Quem busca Meu perdão para que Eu possa perdoá-lo?’” [2]

Um crente também pode usar o tempo entre as orações para fazer um du’a mais longo e profundo. O Profeta Muhammad disse: “Quem rezou às noites (no mês do Ramadan) com fé sincera, esperando a recompensa de Allah, então todos os seus pecados anteriores serão perdoados.”[3]

Buscar a Lailat ul-Qadr

As recompensas e bênçãos associadas a essa noite são muitas. Há muitas referências à Lailat ul-Qadr nas tradições do Profeta Muhammad. Algumas delas indicam que Lailat ul-Qadr cai em uma das últimas dez noites do Ramadan, outras apontam para uma noite impar nas últimas dez noites. O Alcorão informa aos muçulmanos que rezar durante esta noite é melhor que mil meses de oração. Só por essa razão, seria sábio para uma pessoa buscar esta noite abençoada, levando a adoração nessas últimas noites muito a sério.

Allah disse no Alcorão: Sabei que o revelamos (o Alcorão), na Noite do Decreto. E o que te fará entender o que é a Noite do Decreto? A Noite do Decreto é melhor que mil meses. Nela descem os anjos e o Espírito (Anjo Gabriel), com a anuência do seu Senhor, para executar todas as Suas ordens. (Ela) é paz, até ao romper da aurora!” (Alcorão 97:1-5)

Fazer o Itikaf

Aisha, a amada esposa do Profeta Muhammad, relatou que ele costumava fazer o Itikaf nas últimas dez noites do Ramadan e disse: “Busquem a Lailat ul-Qadr nas últimas dez noites do mês do Ramadan[4] O Itikaf é uma forma de retiro onde a pessoa não sai da mesquita e não deixa a recordação de Allah, exceto quando é absolutamente necessário, como, por exemplo, ir ao banheiro.

O renomado erudito Islâmico Ibn Al-Qaiyym descreveu o maior objetivo do itikaf. “Seus pensamentos (de uma pessoa no Itikaf) estão focados na recordação de Allah e de como alcançar Sua complacência e de como aproximar-se d'Ele. Isso o leva a sentir-se contente com Allah ao invés das pessoas, de modo que o prepara para estar em paz com Ele no dia da solidão no túmulo, quando não haver mais ninguém para consolá-lo, nem ninguém para aliviá-lo, exceto Ele.”

Fazer mais du'a

O Ramadan é um momento de uma silenciosa reflexão e uma oportunidade perfeita para fazer du’ahs (súplicas) extras. Em especial, devemos aproveitar durante as últimas dez noites a oportunidade para fazer du’a (súplica) longas e sinceras a Allah. Aisha sempre se esforçava para maximizar sua adoração. Para fazer isso, ela perguntou ao Profeta Muhammad o que ela deveria dizer ao fazer du'a na esperança de achar a Laylat ul-Qadr. Aisha disse, “Eu disse, ‘Ó Mensageiro de Allah, se alcanço a Laylat ul-Qadr, que devo dizer nesta noite?’ Ele disse, ‘Diga: Al-laahumma innaka ‘afuwwun tuhibb al-’afwa fa’affu ‘anni’ (Ó Allah, Tu perdoas e Tu amas o perdão, então perdoa-me).'”[5]

Um guia para as mulheres que estão menstruando

O Ramadan é um mês como nenhum outro. É um mês de reflexão espiritual e oração onde o coração se afasta das atividades mundanas e se volta para Allah. Como descrito acima, as últimas dez noites são apontadas como um momento de esforço extra. As atividades dentro da mesquita, tais como o itikaf e as orações do tarawih, são frequentemente enfatizadas e muitas mulheres não podem frequentar a mesquita, devido à menstruação ou o pós-parto, elas sentem então que são incapazes de maximizar esse tempo e obter os benefícios extras. Mas tal pensamento não está correto.

Há muitas coisas que as mulheres durante o seu período podem fazer, e de fato são coisas que qualquer pessoa pode tentar fazer durante todo o mês do Ramadan. Por exemplo, as mulheres que estão menstruando podem usar desse tempo para cozinhar e alimentar mais pessoas que estão em jejum no Ramadan, podem ouvir conferências Islâmicas, fazer muitas súplicas, ler livros explicando os significados mais profundos do Alcorão, ouvir áudios do Alcorão e louvar Allah com palavras de recordação (dhikr). Essas são grandes formas de aproveitar os últimos dias do Ramadan. As ações que as mulheres menstruadas não podem realizar englobam uma pequena parte dos atos de adoração em torno desse mês abençoado.



Notas de rodapé:

[1] Sahih Muslim

[2] Sahih Al-Bukhari, Sahih Muslim, At-Tirmidhi , Abu Dawud

[3] Sahih Al-Bukhari

[4] Sahih Al-Bukhari

[5] At-Tirmidhi

Teste e Navegação Rápida
Ferramentas da Lição
RuimÓtimo  Avalie
| More
Deixe-nos sua Opinião ou Pergunta

Além disso, você poderá perguntar através do chat ao vivo disponível aqui.