Date: Mon, 1 Mar 2021 11:11:32 +0300 Return-Path: phpmailer@islamreligion.com To: you@you.com From: =?iso-8859-1?Q?Recomendar_Servi=C3=A7o_NewMuslim=2Ecom?= Subject: =?iso-8859-1?Q?Seu_amigo_assista_esse_video_recomenda_:_?= =?iso-8859-1?Q?____________________________A_import=C3=A2ncia_da_ora=C3?= =?iso-8859-1?Q?=A7=C3=A3o_(Salah)?= Message-ID: <943e291f30e189fa0783d329bf415e5c@www.newmuslims.com> X-Priority: 3 X-Mailer: PHPMailer [version 1.73] X-Original-Sender-IP: 34.234.223.227 MIME-Version: 1.0 Content-Type: multipart/alternative; boundary="b1_943e291f30e189fa0783d329bf415e5c" --b1_943e291f30e189fa0783d329bf415e5c Content-Type: text/plain; charset = "iso-8859-1" Content-Transfer-Encoding: 8bit Nível 2 :: Lesson 4 A importância da oração (Salah) Descrição: Uma breve análise sobre a importância da oração para quem entrou recentemente no Islam. Por Imam Mufti Publicado em 12 Dec 2019 - Última modificação em 25 Jun 2019 Impresso: 8 - Enviado por E-mail: 0 - Vizualizado: 779 (média diária: 2) Categoria: Lições > Atos de Adoração > As Orações Objetivos · Compreender a importância de cumprir com as orações. · Entender a dimensão espiritual das orações. Termos em árabe · Zakah- caridade obrigatória. · Salah - a palavra árabe que indica a relação direta entre o crente e Allah. Mais especificamente, no Islam refere-se às cinco orações diárias formais e é a mais importante forma de adoração. · Mi’raj - a ascensão do Profeta Muhammad aos céus. A oração ritual (salah[1]) é o pulso da adoração islâmica, é a expressão viva do Islam. Mantém o muçulmano em contato permanente com Allah. A recitação do Alcorão, a sagrada escritura do Islam, é um elemento inseparável da oração. Nela, o indivíduo encontra a expressão mais pura dos elementos essenciais do Islam. Sendo um ato de devoção ritual a Allah, apresenta duas vertentes: a prescrição legal e a dimensão espiritual. Nesta lição analisaremos a última. O primeiro dever sobre uma pessoa ao tornar-se muçulmana é o cumprimento das orações. As orações são obrigatórias sobre todos os muçulmanos, homens e mulheres, cinco vezes ao dia ao longo das suas vidas a partir do momento em que declaram o Islam. A oração (salah) é o segundo pilar do Islam, depois dos dois testemunhos de fé. Quer seja rico ou pobre, saudável ou doente, um viajante ou um residente, o muçulmano deve rezar.[2]Todos os muçulmanos devem conhecer as regras e os regulamentos corretos da oração, e rezar cinco vezes ao dia. Aprender e cumprir com as orações deve ser a primeira prioridade de todo o muçulmano novo. Se você é novo no Islam, pode ser que seja estranho e intimidante incorporar uma nova prática religiosa feita numa linguagem desconhecida, porém brevemente com paciência e a ajuda de Allah tornar-se-á parte da sua vida. Para um muçulmano a oração é tão importante quanto respirar, e não é assim tão difícil quanto possa parecer! A oração gira em torno de três realidades supremas na vida de um muçulmano: Allah, o Seu Profeta, e a comunidade de crentes. Allah é constantemente louvado, glorificado, agradecido, e mencionado na oração (salah). Um muçulmano volta-se para Allah interiormente e exteriormente. O método da oração é a do Profeta, que também é mencionado. Por último, a oração vincula o indivíduo com a comunidade dos crentes, principalmente quando realizada na mesquita com a congregação local. A oração (salah) é considerada o mais importante ato de adoração prescrito para os seres humanos. É a "espinha dorsal" da prática religiosa do muçulmano. Sem a espinha dorsal, o corpo humano entraria em colapso. Semelhantemente, sem a oração a prática islâmica de um indivíduo desmoronaria. O próprio Profeta comparou a oração a uma espinha dorsal: “A cabeça de todos os assuntos é o Islam, a sua espinha é a oração (salah)…” (Al-Tirmidhi, ibn Majah) Ressaltando a sua importância, o Profeta disse: “Entre uma pessoa e a incredulidade está o abandono da oração (salah).”[3] Isso significa que se uma pessoa deixa de rezar completamente, ela cai na descrença. Existem vários outros pontos que enfatizam a importância da oração (salah), dentre eles os seguintes: - O Profeta no seu leito de morte aconselhou os muçulmanos a prestarem atenção aosalah.[4] - Foi o primeiro ato de adoração que se prescreveu aos muçulmanos, e tornou-se obrigatório em Meca antes da migração para Medina. A caridade obrigatória (Zakat[5]), o jejum, e a peregrinação foram prescritos em Medina. - O primeiro assunto pelo qual seremos interrogados no Dia do Julgamento será a oração: “O primeiro assunto de que seremos interrogados no Dia do Julgamento será a oração (salah). Se as orações estiverem bem, todo o resto das suas ações também estarão bem, porém se as orações estiverem mal, todas as suas ações estarão mal.”[6] - Abraão suplicou ao seu Senhor que lhe concedesse descendentes que cumprissem com as orações: “Senhor meu! Faze-me cumpridor da oração e, também, uma parte de minha descendência. Senhor nosso! E aceita minha súplica!” (Alcorão 14:40) O Alcorão está cheio de mandamentos que enfatizam a importância da oração. A oração foi-nos divinamente transmitida de dois modos. Primeiro, o próprio Allah prescreveu-a ao Profeta Muhammad (que a misericórdia e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) quando ele ascendeu aos céus numa viagem conhecida como a Mi'raj (a Ascensão). O mandamento para a oração (salah) não foi trazido por um anjo ao Profeta, mas sim o Profeta foi levado aos céus, e Allah se dirigiu diretamente a ele com essa obrigação. Segundo, o grande anjo Gabriel desceu para ensinar ao Profeta as cinco orações e os seus tempos. Notas de rodapé: [1] Salah: As ações e as palavras prescritas ditas entre o pronunciamento de "Allahu Akbar" e terminadas com "as-salamu ‘Alaykum". [2]Os requerimentos são flexíveis para o doente e o viajante. A mulher na menstruação é isenta da oração. Iremos aprender acerca disso mais tarde, se Deus quiser. [3] Sahih Muslim. [4]Conforme citado pelo Imam Ahmad, An-Nisai, e Ibn Majah. [5]Caridade obrigatória requerida de muçulmanos capazes. [6] Tabarani #??? Endereço da web deste artigo: https://www.newmuslims.com/pt/lessons/67/Copyright (Direitos Autorais) © 2011-2012 NewMuslims.com. Todos os direitos reservados. --b1_943e291f30e189fa0783d329bf415e5c Content-Type: text/html; charset = "iso-8859-1" Content-Transfer-Encoding: 8bit

A importância da oração (Salah)

Descrição: Uma breve análise sobre a importância da oração para quem entrou recentemente no Islam.

Por Imam Mufti

Publicado em 12 Dec 2019 - Última modificação em 25 Jun 2019

Impresso: 8 - Enviado por E-mail: 0 - Vizualizado: 779 (média diária: 2)

Categoria: Lições > Atos de Adoração > As Orações


Objetivos

·       Compreender a importância de cumprir com as orações.

·       Entender a dimensão espiritual das orações.

Termos em árabe

·       Zakah - caridade obrigatória.

·       Salah - a palavra árabe que indica a relação direta entre o crente e Allah. Mais especificamente, no Islam refere-se às cinco orações diárias formais e é a mais importante forma de adoração.

·       Mi’raj - a ascensão do Profeta Muhammad aos céus.

A oração ritual (salah[1]) é o pulso da adoração islâmica, é a expressão viva do Islam. Mantém o muçulmano em contato permanente com Allah. A recitação do Alcorão, a sagrada escritura do Islam, é um elemento inseparável da oração. Nela, o indivíduo encontra a expressão mais pura dos elementos essenciais do Islam. Sendo um ato de devoção ritual a Allah, apresenta duas vertentes: a prescrição legal e a dimensão espiritual. Nesta lição analisaremos a última.

O primeiro dever sobre uma pessoa ao tornar-se muçulmana é o cumprimento das orações. As orações são obrigatórias sobre todos os muçulmanos, homens e mulheres, cinco vezes ao dia ao longo das suas vidas a partir do momento em que declaram o Islam. A oração (salah) é o segundo pilar do Islam, depois dos dois testemunhos de fé. Quer seja rico ou pobre, saudável ou doente, um viajante ou um residente, o muçulmano deve rezar.[2] Todos os muçulmanos devem conhecer as regras e os regulamentos corretos da oração, e rezar cinco vezes ao dia. Aprender e cumprir com as orações deve ser a primeira prioridade de todo o muçulmano novo. Se você é novo no Islam, pode ser que seja estranho e intimidante incorporar uma nova prática religiosa feita numa linguagem desconhecida, porém brevemente com paciência e a ajuda de Allah tornar-se-á parte da sua vida. Para um muçulmano a oração é tão importante quanto respirar, e não é assim tão difícil quanto possa parecer!

A oração gira em torno de três realidades supremas na vida de um muçulmano: Allah, o Seu Profeta, e a comunidade de crentes. Allah é constantemente louvado, glorificado, agradecido, e mencionado na oração (salah). Um muçulmano volta-se para Allah interiormente e exteriormente. O método da oração é a do Profeta, que também é mencionado. Por último, a oração vincula o indivíduo com a comunidade dos crentes, principalmente quando realizada na mesquita com a congregação local.

A oração (salah) é considerada o mais importante ato de adoração prescrito para os seres humanos. É a "espinha dorsal" da prática religiosa do muçulmano. Sem a espinha dorsal, o corpo humano entraria em colapso. Semelhantemente, sem a oração a prática islâmica de um indivíduo desmoronaria. O próprio Profeta comparou a oração a uma espinha dorsal:

“A cabeça de todos os assuntos é o Islam, a sua espinha é a oração (salah)…” (Al-Tirmidhi, ibn Majah)

Ressaltando a sua importância, o Profeta disse:

“Entre uma pessoa e a incredulidade está o abandono da oração (salah).”[3]

Isso significa que se uma pessoa deixa de rezar completamente, ela cai na descrença.

Existem vários outros pontos que enfatizam a importância da oração (salah), dentre eles os seguintes:

- O Profeta no seu leito de morte aconselhou os muçulmanos a prestarem atenção ao salah.[4]

- Foi o primeiro ato de adoração que se prescreveu aos muçulmanos, e tornou-se obrigatório em Meca antes da migração para Medina. A caridade obrigatória (Zakat[5]), o jejum, e a peregrinação foram prescritos em Medina.

- O primeiro assunto pelo qual seremos interrogados no Dia do Julgamento será a oração:

“O primeiro assunto de que seremos interrogados no Dia do Julgamento será a oração (salah).  Se as orações estiverem bem, todo o resto das suas ações também estarão bem, porém se as orações estiverem mal, todas as suas ações estarão mal.”[6]

- Abraão suplicou ao seu Senhor que lhe concedesse descendentes que cumprissem com as orações:

“Senhor meu! Faze-me cumpridor da oração e, também, uma parte de minha descendência. Senhor nosso! E aceita minha súplica!” (Alcorão 14:40)

O Alcorão está cheio de mandamentos que enfatizam a importância da oração. A oração foi-nos divinamente transmitida de dois modos. Primeiro, o próprio Allah prescreveu-a ao Profeta Muhammad (que a misericórdia e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) quando ele ascendeu aos céus numa viagem conhecida como a Mi'raj (a Ascensão). O mandamento para a oração (salah) não foi trazido por um anjo ao Profeta, mas sim o Profeta foi levado aos céus, e Allah se dirigiu diretamente a ele com essa obrigação. Segundo, o grande anjo Gabriel desceu para ensinar ao Profeta as cinco orações e os seus tempos.



Notas de rodapé:

[1] Salah: As ações e as palavras prescritas ditas entre o pronunciamento de "Allahu Akbar" e terminadas com "as-salamu ‘Alaykum".

[2] Os requerimentos são flexíveis para o doente e o viajante. A mulher na menstruação é isenta da oração. Iremos aprender acerca disso mais tarde, se Deus quiser.

[3] Sahih Muslim.

[4] Conforme citado pelo Imam Ahmad, An-Nisai, e Ibn Majah.

[5] Caridade obrigatória requerida de muçulmanos capazes.

[6] Tabarani #???

Endereço da web deste artigo:
https://www.newmuslims.com/pt/lessons/67/
--b1_943e291f30e189fa0783d329bf415e5c--