Date: Thu, 3 Dec 2020 07:33:25 +0300 Return-Path: phpmailer@islamreligion.com To: you@you.com From: =?iso-8859-1?Q?Recomendar_Servi=C3=A7o_NewMuslim=2Ecom?= Subject: =?iso-8859-1?Q?Seu_amigo_assista_esse_video_recomenda_:_O_arrependimento_?= =?iso-8859-1?Q?(parte_2_de_3):_Condi=C3=A7=C3=B5es_para_o_Arrependimento?= Message-ID: <7b5f10e77bd124054227b8188ffa4e9c@www.newmuslims.com> X-Priority: 3 X-Mailer: PHPMailer [version 1.73] X-Original-Sender-IP: 3.94.21.209 MIME-Version: 1.0 Content-Type: multipart/alternative; boundary="b1_7b5f10e77bd124054227b8188ffa4e9c" --b1_7b5f10e77bd124054227b8188ffa4e9c Content-Type: text/plain; charset = "iso-8859-1" Content-Transfer-Encoding: 8bit Nível 3 :: Lesson 18 O arrependimento (parte 2 de 3): Condições para o Arrependimento Descrição: Os meios para a salvação a partir de uma perspectiva islâmica. Parte 2: As condições que devem ser cumpridas para que o arrependimento seja válido. Por Imam Mufti Publicado em 02 Dec 2019 - Última modificação em 25 Jun 2019 Impresso: 4 - Enviado por E-mail: 0 - Vizualizado: 469 (média diária: 1) Categoria: Lições > Incrementar a Fé > O Arrependimento Objetivos · Aprender as condições que devem ser cumpridas para que o arrependimento seja válido. · Apreciar a manifestação da misericórdia e perdão divinos na observância dos rituais islâmicos. · Estar ciente do prazo estabelecido por Allah para aceitar o arrependimento. Termos em árabe · Salah -Palavra em árabe para indicar a conexão direta entre o crente e Allah. Mais especificamente, no Islam, refere-se às cinco orações diárias formais e é o ato de adoração mais importante. · Hadith (plural: ahadith) - É um relato ou uma história. No Islam, refere-se a um registro narrativo dos ditos e ações do Profeta Muhammad e seus companheiros. · Wudu -Ablução. · Hajj -A peregrinação a Meca, onde o peregrino realiza um conjunto de rituais. O Hajj é um dos cinco pilares do Islam, que todo muçulmano adulto deve realizar pelo menos uma vez na vida, se tiver os meios financeiros e for fisicamente capaz [de fazer tal viagem]. · Caaba -A estrutura em forma de cubo localizada na cidade de Meca. Serve como um ponto focal para o qual todos os muçulmanos se voltam quando oram. · Sawm -Jejum. · Ramadan -O nono mês do calendário lunar islâmico. É o mês em que o jejum obrigatório foi prescrito. · Tawbah -Arrependimento. \\\\\\\||||||||||||||||||| Como em todos os atos de adoração no Islam, o pecador deve se arrepender sinceramente apenas para Allah e somente por Sua complacência, uma vez que somente Ele pode perdoar os pecados. “Quem, senão Deus perdoa os pecados?” (Alcorão 3:135) O amor de Allah deve ser a força motivadora por trás do ato de arrependimento, acompanhado de esperança em Sua recompensa e o temor de Seu castigo. O desejo não deve ser ganhar a admiração ou louvor das pessoas. É preciso confessar seus pecados a Allah, pois somente Ele pode perdoá-los. Se Allah manteve em segredo as más ações de um pecador, ele não deve expô-las, espalhando-as entre seus amigos, como o Profeta disse: “Todo o povo da minha nação pode ser perdoado por seus pecados, exceto aqueles que os publicam.” (Sahih Al-Bukhari, Al-Tirmidhi, Abu Daud) Para que o arrependimento seja válido, certas condições devem ser atendidas, o que garante a presença de sinceridade e a observância dos direitos de Allah e dos seres humanos. Baseado nos vários versículos do Alcorão e nos ahadith do Profeta (que a misericórdia e as bênçãos de Allah estejam sobre ele), o arrependimento não é válido a menos que estas condições sejam atendidas. 1a Condição: Deixar de cometer o pecado Se uma pessoa está no meio da execução de um pecado e se arrepende, deve parar imediatamente. Como alguém pode esperar que seu arrependimento seja aceito enquanto ainda dá liberdade aos seus desejos? Uma expressão verbal de remorso que não é sustentada pela desistência da ação ilícita é um ritual sem sentido que carece de sinceridade. 2a Condição: Sentir arrependimento Sentir remorso por pecar contra Deus é a essência do arrependimento. O sentimento de culpa por ter pecado leva à autocensura, sem a qual uma pessoa continuará desfrutando das memórias de seus pecados. Um indivíduo não deve considerar seu pecado como insignificante, mas deve estar ciente de que agiu contra o Deus Supremo, que o criou, que o fornece sustento, guiou-o e continua a derramar Suas bênçãos sobre ele. É apropriado irmos contra Aquele que é constantemente bom para nós? Se alguém não sente remorso, então não está realmente se arrependendo desse pecado, apenas dizendo algumas palavras sem sentido. O Profeta (que a misericórdia e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “O arrependimento é sentir remorso.” (Ibn Majah) 3a Condição: Decidir não cometer o pecado novamente O remorso deve ser acompanhado de uma firme intenção de não cometer o pecado novamente. Como alguém poderia se arrepender e ao mesmo tempo planejar pecar de novo? O verdadeiro remorso produz um forte desejo de nunca mais cair naquele pecado. Allah diz: “...Que, quando cometem uma obscenidade ou se condenam, mencionam a Deus e imploram o perdão por seus pecados -mas quem, senão Allah perdoa os pecados? - e não reincidem, com conhecimento, no que cometeram...” (Alcorão 3:135-136) 4a Condição: Restaurar os direitos de terceiros Se alguém violou os direitos de outra pessoa, estes devem ser restaurados para garantir que tenha sido perdoado. Por exemplo, uma pessoa deve devolver o que roubou; caso contrário, esses direitos não cumpridos serão retirados das boas ações do pecador no Dia do Juízo. Se o proprietário do roubo não puder ser encontrado, o objeto deverá ser entregue a um parente próximo; se nenhum parente puder ser encontrado, deverá ser doado aos pobres. Difamação e calúnia também são o produto da violação dos direitos de outros seres humanos, que devem ser restaurados se deseja o perdão por esses pecados. O mal do passado é corrigido sentindo remorso, o do presente detendo o pecado e o do futuro é abordado com uma firme determinação de não voltar a cometer tal pecado. O verdadeiro arrependimento implica certos sentimentos no coração, palavras que o expressam e fatos que o apoiam. Um pecador deve se esforçar para fazer mudanças e consertar as coisas. Allah associou as boas obras ao arrependimento: “E quem se volta arrependido e faz o bem, por certo, ele se volta para Allah, arrependido, perfeitamente.” (Alcorão 25:71) Se alguém realmente se arrepende e faz boas ações, não apenas lhe será perdoado o pecado, mas Allah, por Sua infinita Misericórdia, apaga as más ações do seu registro e as converte em boas ações. Allah, o mais Misericordioso, o mais Gracioso, disse: “Exceto quem se volta arrependido e crê e faz o bem: então, a esses, Allah trocar-lhes-á as más obras em boas obras. E Allah é Perdoador, Misericordiador.” (Alcorão 25:70) A misericórdia divina se manifesta de várias belas maneiras para aqueles que se arrependem. O cumprimento dos rituais islâmicos tem uma dimensão espiritual profunda e expia continuamente os pecados dos crentes. O wudu, a oração, o jejum e o Hajj limpam os pecados quando são realizados com convicção e em obediência à Lei Islâmica. Wudu“Quando um servo de Allah lava seu rosto, todo pecado que tenha visto com seus olhos será lavado com a última gota de água; quando lava as mãos, todo pecado que tenha cometido será lavado de suas mãos com a última gota de água; e quando lava seus pés, todo pecado pelo qual tenha caminhado será lavado com a última gota de água. E assim acabará purificado de todos os pecados.”(Sahih Muslim) Salah"As orações obrigatórias daquele que fez o wudu como Allah, glorificado seja, ordenou, serão uma expiação pelos pecados cometidos entre elas." (Sahih Muslim) Jejum (Sawm)"A quem jejuar o mês do Ramadan com fé e buscar a recompensa de seu Senhor, todos os seus pecados anteriores serão perdoados." (Sahih Al Bukhari). Hajj (peregrinação)"Quem peregrina na Casa (Caaba) e não mantém relações sexuais com sua esposa ou comete pecados (durante o Hajj), retornará (livre de pecados) tal como veio ao mundo." (Sahih Al Bukhari) Certamente, tudo isso se refere a pecados menores[1] e a erros que alguém negligencia. Quanto aos pecados graves, é necessário se arrepender e buscar o perdão de Allah, ou a pessoa poderá ser responsabilizada no Dia do Juízo. Arrepender-se antes que seja tarde demais Allah estabeleceu um prazo para o arrependimento. Quando a tawbah não é um ato voluntário de contrição, mas uma tentativa de escapar do inevitável, já não é mais aceito. Primeiro, uma pessoa tem toda a sua vida para se arrepender, mas quando a morte se aproxima, a tristeza e o remorso são inúteis. Allah nos informa: “E a remissão não é para os que fazem más obras até que, no momento em que a morte se apresenta a um deles, diz: "Volto-me arrependido, agora"; nem para os que morrem, enquanto renegadores da Fé. Para esses, preparamos doloroso castigo.” (Alcorão 4:18) Por esse motivo, uma pessoa deve se arrepender de seus pecados assim que se der conta. Ninguém sabe quando a morte chegará, e isso poderá acontecer antes que alguém se arrependa. Segundo, o arrependimento também não será aceito quando aparecerem alguns dos principais sinais do Dia do Juízo que anunciam o fim do mundo. Mesmo que os incrédulos declarassem sua crença no Islam, seria inútil. “Quando três coisas aparecerem, a fé não beneficiará aqueles que não creram antes ou que não obtiveram nenhum bem de sua fé: o nascer do sol do oeste[2], o Anticristo[3], e a Besta da Terra[4].” (Sahih Muslim) Notas de rodapé: [1] A diferença entre pecados maiores e menores será explicada em uma lição posterior, se Deus quiser. [2] Nesse dia, o sol nascerá do oeste em vez do leste. [3] Um personagem que aparecerá no final dos tempos, realizará feitos sobrenaturais e fará afirmações falsas. [4] O aparecimento da "Besta da Terra" é outro sinal do Dia do Juízo. Endereço da web deste artigo: https://www.newmuslims.com/pt/lessons/35/Copyright (Direitos Autorais) © 2011-2012 NewMuslims.com. Todos os direitos reservados. --b1_7b5f10e77bd124054227b8188ffa4e9c Content-Type: text/html; charset = "iso-8859-1" Content-Transfer-Encoding: 8bit

O arrependimento (parte 2 de 3): Condições para o Arrependimento

Descrição: Os meios para a salvação a partir de uma perspectiva islâmica. Parte 2: As condições que devem ser cumpridas para que o arrependimento seja válido.

Por Imam Mufti

Publicado em 02 Dec 2019 - Última modificação em 25 Jun 2019

Impresso: 4 - Enviado por E-mail: 0 - Vizualizado: 469 (média diária: 1)

Categoria: Lições > Incrementar a Fé > O Arrependimento


Objetivos

·       Aprender as condições que devem ser cumpridas para que o arrependimento seja válido.

·       Apreciar a manifestação da misericórdia e perdão divinos na observância dos rituais islâmicos.

·       Estar ciente do prazo estabelecido por Allah para aceitar o arrependimento.

Termos em árabe

·       Salah - Palavra em árabe para indicar a conexão direta entre o crente e Allah. Mais especificamente, no Islam, refere-se às cinco orações diárias formais e é o ato de adoração mais importante.

·       Hadith (plural: ahadith) - É um relato ou uma história. No Islam, refere-se a um registro narrativo dos ditos e ações do Profeta Muhammad e seus companheiros.

·      Wudu - Ablução.

·       Hajj - A peregrinação a Meca, onde o peregrino realiza um conjunto de rituais. O Hajj é um dos cinco pilares do Islam, que todo muçulmano adulto deve realizar pelo menos uma vez na vida, se tiver os meios financeiros e for fisicamente capaz [de fazer tal viagem].

·       Caaba - A estrutura em forma de cubo localizada na cidade de Meca. Serve como um ponto focal para o qual todos os muçulmanos se voltam quando oram.

·       Sawm - Jejum.

·       Ramadan - O nono mês do calendário lunar islâmico. É o mês em que o jejum obrigatório foi prescrito.

·       Tawbah - Arrependimento.

 \\\\\\\|||||||||||||||||||

Como em todos os atos de adoração no Islam, o pecador deve se arrepender sinceramente apenas para Allah e somente por Sua complacência, uma vez que somente Ele pode perdoar os pecados.

“Quem, senão Deus perdoa os pecados?” (Alcorão 3:135)

O amor de Allah deve ser a força motivadora por trás do ato de arrependimento, acompanhado de esperança em Sua recompensa e o temor de Seu castigo. O desejo não deve ser ganhar a admiração ou louvor das pessoas. É preciso confessar seus pecados a Allah, pois somente Ele pode perdoá-los. Se Allah manteve em segredo as más ações de um pecador, ele não deve expô-las, espalhando-as entre seus amigos, como o Profeta disse:

“Todo o povo da minha nação pode ser perdoado por seus pecados, exceto aqueles que os publicam.” (Sahih Al-Bukhari, Al-Tirmidhi, Abu Daud)

Para que o arrependimento seja válido, certas condições devem ser atendidas, o que garante a presença de sinceridade e a observância dos direitos de Allah e dos seres humanos. Baseado nos vários versículos do Alcorão e nos ahadith do Profeta (que a misericórdia e as bênçãos de Allah estejam sobre ele), o arrependimento não é válido a menos que estas condições sejam atendidas.

1a Condição: Deixar de cometer o pecado

Se uma pessoa está no meio da execução de um pecado e se arrepende, deve parar imediatamente. Como alguém pode esperar que seu arrependimento seja aceito enquanto ainda dá liberdade aos seus desejos? Uma expressão verbal de remorso que não é sustentada pela desistência da ação ilícita é um ritual sem sentido que carece de sinceridade.

2a Condição: Sentir arrependimento

Sentir remorso por pecar contra Deus é a essência do arrependimento. O sentimento de culpa por ter pecado leva à autocensura, sem a qual uma pessoa continuará desfrutando das memórias de seus pecados. Um indivíduo não deve considerar seu pecado como insignificante, mas deve estar ciente de que agiu contra o Deus Supremo, que o criou, que o fornece sustento, guiou-o e continua a derramar Suas bênçãos sobre ele. É apropriado irmos contra Aquele que é constantemente bom para nós? Se alguém não sente remorso, então não está realmente se arrependendo desse pecado, apenas dizendo algumas palavras sem sentido. O Profeta (que a misericórdia e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse:

“O arrependimento é sentir remorso.” (Ibn Majah)

3a Condição: Decidir não cometer o pecado novamente

O remorso deve ser acompanhado de uma firme intenção de não cometer o pecado novamente. Como alguém poderia se arrepender e ao mesmo tempo planejar pecar de novo? O verdadeiro remorso produz um forte desejo de nunca mais cair naquele pecado. Allah diz:

“...Que, quando cometem uma obscenidade ou se condenam, mencionam a Deus e imploram o perdão por seus pecados -mas quem, senão Allah perdoa os pecados? - e não reincidem, com conhecimento, no que cometeram...” (Alcorão 3:135-136)

4a Condição: Restaurar os direitos de terceiros

Se alguém violou os direitos de outra pessoa, estes devem ser restaurados para garantir que tenha sido perdoado. Por exemplo, uma pessoa deve devolver o que roubou; caso contrário, esses direitos não cumpridos serão retirados das boas ações do pecador no Dia do Juízo. Se o proprietário do roubo não puder ser encontrado, o objeto deverá ser entregue a um parente próximo; se nenhum parente puder ser encontrado, deverá ser doado aos pobres. Difamação e calúnia também são o produto da violação dos direitos de outros seres humanos, que devem ser restaurados se deseja o perdão por esses pecados.

O mal do passado é corrigido sentindo remorso, o do presente detendo o pecado e o do futuro é abordado com uma firme determinação de não voltar a cometer tal pecado.

O verdadeiro arrependimento implica certos sentimentos no coração, palavras que o expressam e fatos que o apoiam. Um pecador deve se esforçar para fazer mudanças e consertar as coisas. Allah associou as boas obras ao arrependimento:

“E quem se volta arrependido e faz o bem, por certo, ele se volta para Allah, arrependido, perfeitamente.” (Alcorão 25:71)

Se alguém realmente se arrepende e faz boas ações, não apenas lhe será perdoado o pecado, mas Allah, por Sua infinita Misericórdia, apaga as más ações do seu registro e as converte em boas ações. Allah, o mais Misericordioso, o mais Gracioso, disse:

“Exceto quem se volta arrependido e crê e faz o bem: então, a esses, Allah trocar-lhes-á as más obras em boas obras. E Allah é Perdoador, Misericordiador.” (Alcorão 25:70)

A misericórdia divina se manifesta de várias belas maneiras para aqueles que se arrependem. O cumprimento dos rituais islâmicos tem uma dimensão espiritual profunda e expia continuamente os pecados dos crentes. O wudu, a oração, o jejum e o Hajj limpam os pecados quando são realizados com convicção e em obediência à Lei Islâmica.

Wudu

“Quando um servo de Allah lava seu rosto, todo pecado que tenha visto com seus olhos será lavado com a última gota de água; quando lava as mãos, todo pecado que tenha cometido será lavado de suas mãos com a última gota de água; e quando lava seus pés, todo pecado pelo qual tenha caminhado será lavado com a última gota de água. E assim acabará purificado de todos os pecados.”(Sahih Muslim)

Salah

"As orações obrigatórias daquele que fez o wudu como Allah, glorificado seja, ordenou, serão uma expiação pelos pecados cometidos entre elas." (Sahih Muslim)

Jejum (Sawm)

"A quem jejuar o mês do Ramadan com fé e buscar a recompensa de seu Senhor, todos os seus pecados anteriores serão perdoados." (Sahih Al Bukhari).

Hajj (peregrinação)

"Quem peregrina na Casa (Caaba) e não mantém relações sexuais com sua esposa ou comete pecados (durante o Hajj), retornará (livre de pecados) tal como veio ao mundo." (Sahih Al Bukhari)

Certamente, tudo isso se refere a pecados menores[1]  e a erros que alguém negligencia. Quanto aos pecados graves, é necessário se arrepender e buscar o perdão de Allah, ou a pessoa poderá ser responsabilizada no Dia do Juízo.

Arrepender-se antes que seja tarde demais

       Allah estabeleceu um prazo para o arrependimento. Quando a tawbah não é um ato voluntário de contrição, mas uma tentativa de escapar do inevitável, já não é mais aceito.

Primeiro, uma pessoa tem toda a sua vida para se arrepender, mas quando a morte se aproxima, a tristeza e o remorso são inúteis. Allah nos informa:

“E a remissão não é para os que fazem más obras até que, no momento em que a morte se apresenta a um deles, diz: "Volto-me arrependido, agora"; nem para os que morrem, enquanto renegadores da Fé. Para esses, preparamos doloroso castigo.” (Alcorão 4:18)

Por esse motivo, uma pessoa deve se arrepender de seus pecados assim que se der conta. Ninguém sabe quando a morte chegará, e isso poderá acontecer antes que alguém se arrependa. Segundo, o arrependimento também não será aceito quando aparecerem alguns dos principais sinais do Dia do Juízo que anunciam o fim do mundo. Mesmo que os incrédulos declarassem sua crença no Islam, seria inútil.

“Quando três coisas aparecerem, a fé não beneficiará aqueles que não creram antes ou que não obtiveram nenhum bem de sua fé: o nascer do sol do oeste[2], o Anticristo[3], e a Besta da Terra[4].” (Sahih Muslim)



Notas de rodapé:

[1] A diferença entre pecados maiores e menores será explicada em uma lição posterior, se Deus quiser.

[2] Nesse dia, o sol nascerá do oeste em vez do leste.

[3] Um personagem que aparecerá no final dos tempos, realizará feitos sobrenaturais e fará afirmações falsas.

[4] O aparecimento da "Besta da Terra" é outro sinal do Dia do Juízo.

Endereço da web deste artigo:
https://www.newmuslims.com/pt/lessons/35/
--b1_7b5f10e77bd124054227b8188ffa4e9c--